29.9 C
Vitória
segunda-feira, 24 junho, 2024

Endividamento e inadimplência no Espírito Santo permanecem estáveis

Comportamento semelhante foi registrado no Brasil, com pequenos recuos nos índices

Por Redação

Os índices de endividamento e inadimplência das famílias capixabas apresentaram estabilidade no mês de abril. Enquanto 88,9% das famílias afirmaram ter assumido algum tipo de compromisso financeiro, 33,9% (a mesma porcentagem de março) disseram estar com contas atrasadas. E com um recuo de 0,4 p.p., 19,7% das famílias afirmaram que não terão condições de pagar suas dívidas em atraso.

- Continua após a publicidade -

Isso é o que mostram dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Equipe Connect Fecomércio-ES, com base no levantamento divulgado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O relatório também aponta que as famílias de renda mais baixa, até 10 salários mínimos, são as que enfrentam maior dificuldade para quitar seus compromissos, apresentando um nível mais elevado de inadimplência. Por outro lado, as famílias com renda acima de 10 salários mínimos registraram uma redução na inadimplência em abril.

Apesar do alto nível de endividamento, a estabilidade na inadimplência é um sinal positivo da qualidade do endividamento, indicando uma melhor capacidade de pagamento das obrigações financeiras, segundo Ana Carolina Júlio, pesquisadora responsável pelo Connect Fecomércio, Eixo Observa.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA