20.6 C
Vitória
sábado, 19 junho, 2021

Covid-19: hipertensos podem comprovar comorbidade com prescrições médicas

A Secretaria da Saúde (Sesa) detalhou a documentação necessária que podem ser apresentados como meio de comprovação para casos de hipertensão arterial e obesidade mórbida, para a vacinação contra a covid-19.

A recomendação da Sesa é que sejam aceitos laudos, prescrições médicas, cadastro preexistentes na unidade básica ou declarações do enfermeiro dos serviços de saúde onde o usuário faz tratamento com a descrição da comorbidade ou condição existente, no caso da obesidade mórbida também será aceito laudo emitido por nutricionista. No caso da hipertensão, serão aceitas aquelas com a descrição “hipertensão arterial”, independentemente da confirmação de lesão em órgão-alvo.

As ações de vacinação deverão seguir as estratégias definidas em pactuação entre o Estado e os municípios, na Comissão Intergestores Bipartite, na qual define as fases a serem seguidas, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizadas e a relação do documento comprobatório que deverá ser apresentado no ato da vacinação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade