27.9 C
Vitória
sábado, 15 junho, 2024

Conselho de administração na empresa familiar

A capacidade do conselho de gerar valor para a empresa depende da sua alta performance e de sua capacidade de tomar boas decisões

Por Redação ES Brasil

É o elo entre os diferentes interesses que gravitam em torno da empresa. Nas empresas familiares de capital fechado, embora não seja uma exigência legal, a implementação de conselhos de administração é fundamental, diante de um ambiente de negócios cada vez mais complexo e competitivo.

- Continua após a publicidade -

Todavia, muitas empresas ainda constituem conselhos apenas na aparência, sem se preocuparem com a criação de valor por esse órgão. Normalmente, esses conselhos se reúnem apenas para apreciar os resultados e referendar algumas decisões.

Sua missão básica é proteger o patrimônio, maximizar o retorno e agregar valor ao capital investido, considerando ainda todas as partes interessadas. Devem os conselhos proteger a empresa das ameaças de declínio e orientar a diretoria a aproveitar as oportunidades estratégicas, principalmente aquelas que não são percebidas em meio à agitação diária dos negócios.

É o Conselho de Administração quem aprova as diretrizes estratégicas e monitora a diretoria na sua execução. No processo de formulação da estratégia, em conjunto com a diretoria, cabe ao conselho conhecer o presente da empresa e determinar aonde se pretende chegar, levando em consideração o propósito, valores, cultura, liderança, estratégias competitiva e corporativa, capital humano e acompanhamento e controle de riscos.

A capacidade do conselho de gerar valor para a empresa depende da sua alta performance e de sua capacidade de tomar boas decisões. Para tanto, é importante cuidar da sua composição e dinâmica.

A composição do conselho deve considerar o mix de perfis e competências mais adequado para a estratégia. Como os negócios estão em constante mutação, é necessário avaliar periodicamente se esse mix continua compatível com os desafios da empresa.

Já a dinâmica precisa assegurar que os conselheiros recebam as informações na forma, tempo e abrangência necessários para debaterem as questões e formarem opiniões com qualidade.

A existência do conselho também facilita a sucessão e permite que membros da família possam se dedicar com mais profundidade às questões de longo prazo tão importantes para a perpetuidade da empresa.

Esta matéria foi publicada originalmente em 1º de Março de 2018, no portal da Revista ES Brasil. As pessoas ouvidas e/ou citadas podem não estar mais nas situações, cargos e instituições que ocupavam na época, assim como suas opiniões e os fatos narrados referem-se às circunstâncias e ao contexto de então.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA