Dia dos Pais: vendas na Expedito Garcia estão aquecidas

Todas as classes sociais terão alguma opção de presente para o Dia dos Pais na avenida Expedito Garcia, em Cariacica
Na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, os consumidores estão encontrando opções de presentes para todos os orçamentos (Fotografia - Renato Cabrini)

Na tradicional rua de compras de Cariacica, preços para todos os bolsos e o estacionamento rotativo são algumas das vantagem aos consumidores

Dia dos Pais, quarta data mais importante para o comércio, traz excelentes expectativas aos lojistas de Cariacica. Isso porque os clientes buscam os mais variados presentes, o que alavanca a economia capixaba. Para aquecer as vendas, os estabelecimentos apostam em promoções e enfeite de vitrines e sugerem opções de “mimos”. Presentes que vão desde óculos, sapatos, jantares em restaurantes e até mesmo viagens.

“A expectativa do comércio é que o desempenho será melhor, porque o período econômico também está melhor”, explica o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cariacica, Agostino Cremonini. Segundo ele, “podemos ver um início da recuperação tímida, mas consistente dos empregos e as empresas e consumidores, adaptados a nova realidade econômica”

Shopping Aberto de Cariacica

E, como é de costume dos brasileiros, as compras de última hora também estão sendo feitas e o ápice será no sábado. O diretor-executivo da instituição, Samuel Valle, destacou o movimento da avenida Expedito Garcia, em Campo Grande. O shopping aberto mais movimentado do município receberá públicos de todas as classes sociais e haverá possibilidade de compras para todos os orçamentos.

Estacionamento rotativo em Cariacica
O presidente da CDL Cariacica, Agostino Cremonini, ao lado de uma da monitoras do estacionamento rotativo. O tempo de permanência também pode ser adquirido via aplicativo ou lojas associadas (Fotografia – Renato Cabrini)

“Temos a grande vantagem do estacionamento rotativo na via, uma ferramenta fundamental para dar a agilidade que todos os consumidores esperam na hora das compras. Desde a implantação, que veio junto com uma reestruturação dos espaços de ocupação dos veículos, nossos clientes foram muito receptivos, aceitaram com bastante tranquilidade e os comerciantes sentiram positivamente em seus faturamentos a diferença”, destacou Valle.

E como está o comércio no Brasil?

A lenta recuperação do atual cenário econômico no país não parece ter desanimado os filhos brasileiros. Muito pelo contrário: de acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) nas 27 capitais brasileiras, 67% dos consumidores pretendem ir às compras por conta do Dia dos Pais. A taxa representa um aumento de seis pontos percentuais em relação a 2018. Na prática, isso significa que aproximadamente 105 milhões de pessoas devem comprar presentes para entregar a seus entes queridos no segundo domingo de agosto.

Para a alegria do varejo, o valor que os entrevistados pretendem dispender com os “mimos” também subiu: em média, pretende-se gastar R$ 189,98, R$ 41 a mais do que em 2018 – gerando no comércio um movimento de cerca de R$ 20 bilhões. Os dados indicam uma maior popularização daquela que é considerada por muitos, por não injetar no mercado cifras tão expressivas quanto o Dia das Mães, o Dia dos Namorados e o Natal, o “patinho feio” das datas comemorativas.


LEIA TAMBÉM
Conteúdo Publicitário