24.4 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Brasileiros abrem 65% dos novos negócios em Portugal

Segundo o ACM, 65% dos novos negócios em Portugal foram criados por cidadãos brasileiros. Os dados são referentes ao ano de 2020

Não é de hoje que Portugal virou uma opção de imigração para brasileiros. Segundo o Itamaraty, 276.200 brasileiros moravam no país europeu em 2020, sendo a segunda maior comunidade de brasileiros fora do Brasil. Muitos vão para estudar, trabalhar e também para empreender, como mostra dados do Alto Comissariado para as Migrações (ACM) português.

Segundo o ACM, 65% dos novos negócios em Portugal foram criados por cidadãos brasileiros. Os dados são referentes ao ano de 2020. Além disso, ainda de acordo com o órgão, 75% destes novos empreendimentos de brasileiros foram abertos por mulheres, geralmente pequenos negócios online e prestação de serviços à distância.

- Continua após a publicidade -

“Empreender em Portugal não é simples, o mercado é menor, menos aquecido e com consumidor mais exigente do que somos acostumados no Brasil”, conta Eduardo Volpato, Fundador do Seventh Brunch, uma cadeia global de restaurantes em expansão para Itália e Estados Unidos, com atuação em Portugal.

Volpato abriu sua rede de restaurantes em 2021 e hoje conta com 50 funcionários. O sucesso foi tão grande, que suas três unidades estão em primeiro lugar no TripAdvisor, site que mostra avaliação de consumidores para diversos empreendimentos.

“O primeiro desafio é ter calma e buscar conhecer o mercado e o público português. Muitos brasileiros vêm para Portugal em busca de qualidade de vida e acabam abrindo um negócio achando que o vai ser como no Brasil. O idioma é semelhante, mas o mercado, não”, complementa Volpato.

No país, de acordo com dados recentes do Eurostat (serviço de estatísticas da União Europeia), no segundo trimestre de 2021, o registro de novas empresas aumentou em 36%.

Os setores em que foram abertos os mais novos empreendimentos são, nesta ordem: atividades imobiliárias, comércio de venda direta ao cliente, informação e comunicação, finanças e comércio a varejo. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA