25.3 C
Vitória
domingo, 12 julho, 2020

BR 101: Novas tarifas cobradas nas praças de pedágio da rodovia

Leia Também

Como usar e higienizar as máscaras caseiras? Atente-se às dicas!

A Secretaria Municipal de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim desenvolveu um protocolo de uso e higienização das máscaras para quem os usa diariamente.

Musical “Tropicalinha” agita Diversão em Cena ArcelorMittal

A live contará a história que se passa no fictício Reino de Pindorama, governado por uma rainha autoritária e que proibia a música.

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Verstappen crava melhor tempo dos treinos livres do GP da Estíria

Neste domingo, a largada será às 10h10. Saiba mais! O holandês Max Verstappen foi o mais rápido da sexta-feira nos treinos livres do GP da...

A decisão do reajuste realizado pela ANTT foi divulgada no Diário Oficial da União dessa quinta-feira (25)

Após ser realizado o referendamento no Tribunal de Contas da União (TCU) para a redução do pedágio da BR 101, a partir desta sexta-feira (26), entram em vigor as novas tarifas de pedágio cobradas nos 476 quilômetros da rodovia administrados pela Eco 101.

A decisão do reajuste realizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi divulgada no Diário Oficial da União dessa quinta-feira (25).  A solicitação da redução da tarifa, que havia sido reajustada em 10 de maio, partiu do recurso da Comissão de Fiscalização da Câmara Federal junto ao Tribunal de Contas da União.

Nas sete praças de pedágio ao longo da via, a redução do pedágio média foi de 3,36%, chegando até a 4,76% em Itapemirim e 4,34% em Mimoso do Sul. A ANTT acatou a decisão do ministro do TCU Augusto Nardes, do dia 18 de maio, que foi referendada pelo Pleno do Tribunal nesta quarta-feira (24).

O TCU, na decisão liminar de tutela antecipada, também reconhece a necessidade de análise mais rigorosa nos critérios de avaliação da recomposição de tarifa, no percentual de 4,27%, referente à supressão do desconto de reequilíbrio na revisão ordinária/extraordinária do aumento de 2016.

Entenda o caso em: https://esbrasil.com.br/tcu-determina-reducao-do-pedagio/

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

ArcelorMittal Tubarão religará o segundo alto-forno neste mês

O equipamento, com capacidade para produção de 1,2 milhão de toneladas de ferro gusa/ano, estava paralisado desde o ano passado, quando passou por uma ampla reforma de manutenção.

Vida Capixaba

Escolas de Vila Velha são notificadas por não dar descontos nas mensalidades

As instituições privadas de ensino que não estão aplicando o desconto previsto na Lei Estadual nº 11.144/2020, válida a partir do dia 19 de junho.

Tempo instável neste fim de semana no ES. Confira a previsão!

Uma frente fria se afasta lentamente em direção ao norte do Espírito Santo, mas o tempo permanece com muitas nuvens e poucas aberturas de sol na maior parte do Estado.

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...

Vacinas contra gripe para público em geral

Desde o dia 30 de junho, não há mais grupo prioritário. Com isso, todas as pessoas podem receber a dose.
Continua após publicidade