27.9 C
Vitória
sábado, 15 agosto, 2020

Brasileiro definiu seu novo presidente: Jair Bolsonaro

Leia Também

Campanha do TSE incentiva eleitores a serem mesários voluntários nas Eleições Municipais de 2020

A Justiça Eleitoral tradicionalmente conta com um importante contingente de aliados para garantir a segurança e o sigilo do voto nas eleições: os mesários. Com...

Sindiplast-ES articula a promoção de cursos para associados

Para promover cursos e treinamentos que possam contribuir com o aumento da competitividade das empresas, o sindicato buscou a parceria do Sebrae-ES, Sesi e...

PIX: ferramenta dos grandes bancos pra não perder pros novatos?

Conselheiro do Corecon avalia interesses que podem estar sendo preservados com o novo sistema, estruturado pelo BC, que passa a vigorar a partir de...

O Espírito Santo foi um dos 15 estados em que o presidente eleito venceu

O Brasil já escolheu o seu próximo presidente. O candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito com cerca de 55,14% da preferência nacional. Ele disputava o cargo máximo do Poder Executivo nacional com Fernando Haddad, do PT, que conquistou cerca de 44,86% dos votos neste segundo turno. No Espírito Santo, a vitória do agora presidente eleito foi mais substancial. Ele recebeu 63,06% dos votos válidos.

Além do Espírito Santo, Bolsonaro venceu no Acre, no Amapá, no Amazonas, no Distrito Federal, em Goiás, no Mato Grosso, no Mato Grosso do Sul, em Minas Gerais, no Paraná, no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, em Rondônia, em Roraima, em Santa Catarina e em São Paulo. Já Haddad venceu em Alagoas, na Bahia, no Ceará, no Maranhão, na Paraíba, em Pernambuco, no Piauí, no Rio Grande do Norte, no Sergipe, no Pará e no Tocantins.

O Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) informou que o primeiro município a totalizar a apuração no Espírito Santo foi Dores do Rio Preto (as 17h26) e que registrou 40 substituições de urnas eletrônicas. Os problemas ocorreram nas cidades de Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Cariacica, Guarapari, Marataizes, São Gabriel da Palha, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. Todos os chamados foram solucionados sem nenhum prejuízo para a votação.

O governador Paulo Hartung votou às 8h34 na Escola Álvaro de Castro Mattos, em Jardim da Penha, Vitória, acompanhado da primeira-dama do Estado, Cristina Gomes. Em atendimento à imprensa logo após o ato, Hartung afirmou que, independentemente do resultado das urnas, o Brasil precisa que o candidato vencedor destas eleições assuma uma agenda reformista e modernizadora para o País recuperar o crescimento socioeconômico e a geração de emprego. O governador defendeu o que chamou de “estelionato político” no Brasil. O governador capixaba lamentou a dissonância das poucas propostas apresentadas pelos candidatos à Presidência com a realidade e necessidade do País.

O governador Paulo Hartung (Fotografia – Leonardo Duarte)

“Eu sempre defendi que os candidatos defendam os seus propósitos, projetos e propostas, mas o que nós brasileiros vamos desejar, por incrível que pareça, é um ‘estelionato eleitoral’. Quer dizer, do ponto de vista objetivo, só um ‘estelionato eleitoral’ salva e dá rumo para o nosso País porque, se as propostas que foram colocadas em cima da mesa forem levadas em prática, nós, que já estamos no buraco, vamos conhecer que buraco não tem fundo. É com tristeza que falo tudo isso. Precisamos de um plano de reforma para o País. O Brasil precisa ser reformado profundamente e restabelecer o equilíbrio financeiro e orçamentário, além de modernizar o País, para que a economia possa ser colocada neste mundo integrado com espaço de competitividade e, consequentemente, dando perspectivas para os brasileiros, principalmente, os jovens”, ponderou o governador.

Já o governador eleito em primeiro turno, Renato Casagrande (PSB), preferiu votar no fim da manhã, por volta das 11h, na Escola São Domingos, também em Vitória. Casagrande já anteviu que o próximo ano não será fácil, independente de quem estivesse à frente do Planalto.

“Retomar o caminho do crescimento do Brasil precisará que medidas muito duras sejam feitas. Se ele não fizer isso [o presidente eleito], o Brasil vai se desorganizar e manter uma crise econômica por muito mais tempo. Eu sei que 2019 vai ser um ano muito difícil de todos nós governarmos. Por isso, minha decisão de encaminhar um novo orçamento, em janeiro, para Assembleia Legislativa.”, ponderou.

O governador eleito, Renato Casagrande (Divulgação)

Ele também reafirmou seu compromisso com a população. “Nossa decisão de trabalhar é muito intensa e vamos romper os desafios, mas teremos desafios muito fortes que exigirão os ‘dois pés plantados no chão’. Cautela e calma, porque o ano que vem será um ano de muito trabalho, de incertezas muito grandes, porque não sabemos se o que vai acontecer na política que afetará a economia. O Espírito Santo não é uma ilha. O que acontecer com o Brasil afetará aqui. Então, eu vou entrar governando a partir do dia primeiro de janeiro com muita cautela, equilíbrio e cuidado e, essa posição equilibrada minha é para que eu possa ter todos os capixabas ajudando a governar o Estado do Espírito Santo em um ano de tanta dificuldade”, revelou o governador eleito.

*Da redação com informações da Agência Brasil, do Tribunal Superior Eleitoral  e do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

ESB 179 Digital
Continua após publicidade

Fique por dentro

Com reação à pandemia, alta dos desembolsos do BNDES é a maior desde 2009

Na comparação dos desembolsos trimestrais com iguais períodos de anos anteriores, sempre corrigindo pela inflação, a alta de 61,6% foi a maior desde o terceiro trimestre de 2009

Com pandemia, Brasil tem queda recorde da atividade no 2º trimestre

Os dados do BC já levam em conta os ajustes sazonais, o que permite a comparação de um trimestre com os três meses imediatamente anteriores

Idaf realiza ação educativa na Ceasa/ES

Com o objetivo de conscientizar produtores rurais e compradores sobre a importância do Serviço de Inspeção Oficial nos produtos de origem animal, o Instituto...

Bater ponto de trabalho a distância vira questão com pandemia

A Reforma Trabalhista de 2017 regulamenta o teletrabalho como uma prestação de serviços fora das dependências do empregador

Vida Capixaba

Você sabia que dá para assinar a escritura de um imóvel ou se divorciar pela internet?

Do divórcio à escritura do imóvel: palestra mostrará o avanço dos atos jurídicos via internet. Apresentação, no próximo dia 17, será feita por Renato...

Frases ganham destaque na decoração

Mais do que decorar de forma harmônica os projetos, as frases revelam sentimentos e desejos dos seus moradores, pois a maioria são carregadas de histórias.

Novas passarelas de pedestres em Viana

A Eco101 iniciou as obras para a implantação de mais três passarelas de pedestres na BR-101/ES/BA, totalizando 19 estruturas ao longo da rodovia. Atualmente, existem...

Durante a pandemia, a pele também precisa de cuidados

Entre o medo do contágio e a vontade de que tudo volte à normalidade, a pandemia despertou nas pessoas uma maior preocupação e cuidados...
Continua após publicidade