24.4 C
Vitória
quarta-feira, 24 DE julho DE 2024

Bia Haddad fatura 100ª vitória e vai às quartas em Abu Dabi

A partida, entre Bia e a polonesa Magda Linette, que durou 3 horas e 43 minutos, é a mais longa do circuito neste início de temporada

Beatriz Haddad Maia faturou nesta quarta-feira a sua 100ª vitória em chaves principais no circuito profissional. A tenista número 1 do Brasil alcançou a marca ao superar a polonesa Magda Linette, 55ª do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (8/6), 6/7 (1/7) e 6/1, pelas oitavas de final do Torneio de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos.

A partida, que durou 3h43min, é a mais longa do circuito neste começo de temporada. Bia já tinha participado do jogo mais longo do ano passado. “Acho que a minha equipe precisa cuidar bem do coração. Algumas vezes não é fácil administrar as emoções no tênis. Para mim, uma qualidade que importa demais é não desistir Sempre tento jogar mais uma boa”, comentou a brasileira.

- Continua após a publicidade -

O resultado marcou a 100ª vitória da número 13 do mundo em competições de nível WTA e Grand Slams, contando apenas as chaves principais. Neste nível, a brasileira tem agora o retrospecto de 100 triunfos e 80 derrotas. No geral, incluindo torneios de nível ITF, ela acumula 432 vitórias e 220 derrotas em chaves de simplesna carreira.

Nas quartas de final do torneio de nível WTA 500, Bia enfrentará a vencedora do duelo entre a britânica Emma Raducanu, campeão do US Open de 2021, e a tunisiana Ons Jabeur, duas vezes finalista de Wimbledon. A futura rival de Bia será definida ainda nesta quarta-feira.

Bia obteve sua vitória mais dura do ano nesta quarta, contra uma rival que também não costuma desistir fácil das partidas. Atual 55ª do ranking, Linette lutou até o fim e chegou a salvar três match points antes de ver a brasileira sacramentar a vitória no jogo mais longo de Bia em 2024.

As duas jogadoras fizeram um duelo marcado pelo equilíbrio do começo ao fim. No primeiro set, Bia começou mal e perdeu o saque logo no primeiro game da partida. No game seguinte, ela desperdiçou seguidas chances. A reação veio no sexto game, quando devolveu a quebra e empatou o duelo. Ela chegou a estar perdendo por 1/3, porém virou para 4/3.

Bia soube encontrar soluções para frear o bom ritmo da rival, que vinha sacando muito bem até então. Os golpes nas paralelas ajudaram a derrubar a solidez da polonesa. O equilíbrio, contudo, esteve em vigor até mesmo no tie-break, quando mais uma vez a brasileira saiu atrás no placar, se recuperou e levou a melhor.

O duelo continuou equilibrado ao longo do segundo set. Tanto que a primeira quebra aconteceu apenas no oitavo game, quando a polonesa se impôs no saque da brasileira e abriu 5/3, sacando para fechar a parcial e empatar o confronto. Bia, contudo, fez jogo duro. Reagiu mais uma vez, empatou o set e forçou a disputa do tie-break, quando não conseguiu manter o ritmo.

Mas, depois do esforço intenso no tie-break, Linette demonstrou certo cansaço no início do terceiro set e Bia soube aproveitar o momento favorável. Ela abriu rapidamente 5/1 no placar e sacou para fechar o jogo. A polonesa tentou impor resistência, mas acabou cedendo no quarto match point da brasileira. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA