23.2 C
Vitória
terça-feira, 25 junho, 2024

América-MG perde no duelo de ida dos playoffs da Sul-Americana

Disputando três competições, o América-MG teve um duro golpe para mesclar o elenco para o jogo desta terça

Pensando no duelo de volta com o Corinthians pela Copa do Brasil, o América-MG entrou em campo nesta terça-feira e acabou derrotado por 2 a 1 para o Colo-Colo, do Chile, pelo jogo de ida dos playoffs da Copa Sul-Americana. No estádio Monumental de Santiago, o técnico Vagner Mancini optou por um time misto, mas quando colocou alguns titulares, conseguiu diminuir o prejuízo nos acréscimos, o que deixou o duelo aberto.

O jogo da volta está marcado para a próxima terça-feira, às 19h, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). Para avançar às oitavas de final, o América terá que vencer por dois ou mais gols de diferença. Em caso de qualquer vitória por um gol de vantagem, a vaga será decidida nos pênaltis. Quem avançar, irá pegar o Red Bull Bragantino.

- Continua após a publicidade -

Disputando três competições, o América-MG teve um duro golpe para mesclar o elenco. Recém-contratados, o meia Pedrinho e os laterais Marcinho e Daniel Borges tiveram seus registros indeferidos na Conmebol, ficando impossibilitados de atuarem contra os chilenos.

Dentro de campo, Mancini escalou o que melhor tinha à sua disposição, visando o jogo de volta da Copa do Brasil contra o Corinthians. O treinador poupou boa parte do time titular, como Juninho, Danilo Avelar, Benitez e Everaldo. Mesmo assim, o América-MG se portou bem. Seguro defensivamente, o time mineiro soube conter os avanços dos donos da casa, principalmente nas bolas longas, uma arma da equipe.

Mesmo com uma postura retraída, o América não deixou de jogar. Concentrando suas ações em Matheusinho, o time chegava na área chilena, mas não conseguia concluir a gol. A melhor chance saiu na bola parada. Em cobrança de falta ensaiada, Mastriani por pouco não abriu o placar. Jogando pelo empate, o América atuou os últimos minutos da primeira etapa no bloco baixo, priorizando a posse da bola.

Na volta do intervalo, tudo que o América conseguiu fazer com perfeição no primeiro tempo, acabou com menos de um minuto. Após bola longa, Leonardo Gil recebeu na área e mandou uma bomba, sem chances para Pasinato, que só viu a bola entrar no ângulo. Com o placar adverso, o América teve que sair mais para o jogo. Até ensaiou uma reação com Rodrigo Varanda e frequentou mais o ataque com as entradas de Everaldo e Wellington Paulista.

Deixando mais espaço, o duro golpe veio aos 17 minutos, novamente com Leonardo Gil. O volante recebeu com liberdade na entrada da área e acertou um belo chute, no ângulo esquerdo desta vez.

Perdendo por dois, Mancini mexeu no América e mudou a postura mais ofensiva para diminuir o prejuízo. A diferença técnica era clara, com o time brasileiro tendo mais qualidade, mas a estratégia veio tarde demais. Já aos 47 minutos, Alê pegou a sobra em cobrança de escanteio e marcou um lindo gol para definir o placar por 2 a 1.

O América-MG volta a campo no sábado, contra o Corinthians, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O time mineiro defende o placar de 1 a 0 conquistado na ida e joga pelo empate. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA