23.9 C
Vitória
domingo, 19 setembro, 2021

Alimentos podem reduzir os sintomas da menopausa. Saiba quais!

Segundo nutricionista, nem todas as mulheres sabem, mas é possível aliviar os sintomas fazendo mudanças simples na alimentação

A menopausa, que é o fim da fase reprodutiva da mulher, pode ser acompanhada de sintomas bastante característicos e, muitas vezes, desagradáveis: o chamado climatério. A chegada deixa a mulher desconfortável, causando uma série de efeitos.

Fogachos (calorões e rubor facial), insônia, depressão, dificuldade de controlar o peso, ressecamento das partes íntimas e perda de libido são alguns desses incômodos sinais que acabam levando mulheres, majoritariamente numa faixa etária entre os 45 e 55 anos, ao consultório médico.

O que nem todas sabem é que dá para aliviar estes sintomas fazendo mudanças simples na alimentação. Segundo a nutricionista e especialista em nutrição sexual, Leticia Matrak, um cardápio variado, que inclua peixes, castanhas, verduras, entre outros alimentos naturais, podem reduzir os sintomas do climatério, principalmente no que diz respeito à recuperação da energia e da disposição sexual.

“Uma das primeiras coisas que indico e que serve de dica para todas as mulheres que estão na menopausa é evitar o consumo de produtos muito industrializados e diminuir a ingestão de carboidratos refinados e doces”, explica a especialista.

Alimentos que são aliados da mulher neste período

A nutricionista indica: peixes como o salmão e a sardinha (ricos em ômega-3), leite, ovos, carnes magras (ricos em proteínas), folhas verdes escuras e laticínios (ricos em cálcio).

Outra importante aliada é a soja. Segundo Letícia, “esse grão tem uma substância parecida com o estrogênio, hormônio perdido com a menopausa. Pode ser consumida in natura ou nas suas versões em pó, leite, iogurte ou tofu”.

Além disso, ela indicou também as castanhas e sementes, como a chia e a linhaça, que contribuem para a melhora da lubrificação vaginal. “Por fim destaco o grão de bico, que é rico em proteínas e em triptofano, um aminoácido que ajuda na produção de serotonina, aquela substância responsável pela sensação de felicidade, satisfação e bem-estar, o que ajuda não só na menopausa, mas em qualquer fase da vida!”, finaliza a nutricionista.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade