20.7 C
Vitória
terça-feira, 25 junho, 2024

Alcaraz e Swiatek perdem sets, mas seguem no Australian Open

Número 1 do mundo, Iga Swiatek derrotou a americana Danielle Collins, e Alcaraz suou para bater o italiano Lorenzo Sonego

O espanhol Carlos Alcaraz e a polonesa Iga Swiatek perderam sets, na madrugada desta quinta-feira, mas derrubaram seus rivais e avançaram à terceira rodada do Aberto da Austrália. A rodada também contou com a eliminação precoce das campeãs de Grand Slam Elena Rybakina e Emma Raducanu.

Alcaraz precisou suar para superar o italiano Lorenzo Sonego, que resistiu em quadra e fez o número dois do mundo jogar quatro sets. O favorito levou a melhor sobre o 46º do ranking por 3 a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (3/7), 6/3 e 7/6 (7/3), em uma batalha de 3h25min. O espanhol terminou o jogo com 43 bolas vencedoras, contra 37 do italiano. E anotou 34 erros não forçados, diante de 48 de Sonego.

- Continua após a publicidade -

Na terceira rodada, Alcaraz vai enfrentar o chinês Juncheng Shang, convidado da organização. Shang despachou nesta quinta o indiano Sumit Nagal, uma das surpresas nestas primeiras rodadas em Melbourne, por 2/6, 6/3, 7/5 e 6/4. O tenista asiático é o atual 140º do mundo.

Número seis do mundo, o alemão Alexander Zverev também evitou uma zebra nesta quinta. Mas precisou ficar em quadra por cinco sets diante do eslovaco Lukas Klein, 163º do mundo. O favorito venceu por 3 a 2, com parciais de 7/5, 3/6, 4/6, 7/6 (7/5) e 7/6 (9/7), em 4h31min.

O próximo adversário de Zverev será o americano Alex Michelsen, que bateu o experiente checo Jiri Lehecka (32º cabeça de chave) por 4/6, 6/3, 6/4 e 6/4.

Já o dinamarquês Holger Rune, número oito do mundo, se despediu de forma precoce do primeiro Grand Slam da temporada. O tenista, treinado pela lenda alemão Boris Becker, foi batido pelo francês Arthur Cazaux por 7/6 (7/4), 6/4, 4/6 e 6/3.

Entre os demais cabeças de chave que entraram em quadra nesta quinta, avançaram o norueguês Casper Ruud (11º), o búlgaro Grigor Dimitrov (13º), o americano Tommy Paul (14º), o britânico Cameron Norrie (19º), o francês Ugo Humbert (21º), o canadense Felix Auger-Aliassime (27º) e o holandês Tallon Griekspoor (28º) O espanhol Alejandro Davidovich Fokina (23º) e o alemão Jan-Lennard Struff (24º) foram eliminados da competição.

Swiatek segue viva

Número 1 do mundo, Iga Swiatek derrotou a americana Danielle Collins por 6/4, 3/6 e 6/4. Ao fim da partida, Collins, que já foi finalista do Aberto da Austrália, anunciou que esta será sua última temporada da carreira. A atleta de 30 anos disse que vai deixar o circuito para formar uma família.

Na terceira rodada, a dona de quatro títulos de Grand Slam vai encarar a checa Linda Noskova, que derrotou a americana McCartney Kessler por 6/3, 1/6 e 6/4. Nas oitavas, Swiatek poderá cruzar com a ucraniana Elina Svitolina (19ª), que eliminou a búlgara Viktoriya Tomova por 6/1 e 6/3.

A maior decepção do dia na chave feminina foi a derrota da casaque Elena Rybakina para a russa Anna Blinkova. Elas protagonizaram o tie-break mais longo da história do tênis feminino, num confronto de 42 pontos: 6/4, 4/6 e 7/6 (22/20). Blinkova desperdiçou nove match points antes de fechar a partida Rybakina perdeu seis bolas do jogo.

A tenista nascida na Rússia, mas que defende o Casaquistão, não foi a única campeã de Grand Slam eliminada nesta quinta. Mais cedo, a britânica Emma Raducanu caiu diante da chinesa Wang Yafan por 6/4, 4/6 e 6/4.

Também avançaram a americana Sloane Stephens, a italiana Jasmine Paolini (26ª), a chinesa Zheng Qinwen (12ª), a letã Jelena Ostapenko (11ª) e a americana Emma Navarro (27ª). Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA