16.9 C
Vitória
sábado, 31 julho, 2021

Agropecuária capixaba tem queda no 1º trimestre

Os dados da agropecuária capixaba no 1º trimestre de 2021 revelam que o setor teve queda. No Brasil, os dados são positivos

Por Samantha Dias

De acordo com estudo do Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies​) a agropecuária capixaba recuou 3,4% na comparação com o 4º trimestre de 2020.

Apesar da queda, a atividade do setor se encontra 3,4% acima do patamar do 4º
trimestre de 2019, ou seja, antes da pandemia. Já em relação ao mesmo trimestre do ano passado, o desempenho foi de -7,7%, influenciado pela retração tanto nas atividades agrícolas (-1,6%) quanto nas atividades pecuárias (-10,9%). Essa queda expressiva da pecuária impactou os resultados do setor e pode ser explicada pelo aumento de custos em toda a cadeia produtiva, especialmente em insumos como milho, farelo de soja e energia.

Já o recuo da agricultura foi influenciado pela queda na produção do café arábica e pela redução da produção de banana, pimenta-do-reino e tomate, principais produtos da lavoura capixaba, segundo o Ideies.

O agronegócio capixaba não acompanhou a tendência do mercado nacional, que cresceu
5,7% na comparação 1º trimestre 2021/4º trimestre 2020, e ficou 5,8% acima do patamar pré-pandemia (4º trimestre 2019). Ainda a nível Brasil, a agropecuária teve aumento de 5,2% na comparação 1º trimestre 2021/1º trimestre 2020; e elevação de 2,3% na comparação acumulado nos últimos quatro trimestres/ quatro trimestres anteriores.

Comparação Agropecuária Capixaba 1º trimestre 2021

  • 1º trimestre 2021/4º trimestre 2020: -3,4%
  • 1º trimestre 2021/1º trimestre 2020: -7,7%
  • Acumulada nos últimos quatro trimestres/ quatro trimestres anteriores: -5,8%
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade