22.7 C
Vitória
segunda-feira, 2 agosto, 2021

11º Café Empresarial: Os rumos e desafios para o desenvolvimento de Vila Velha

O próprio Prefeito da cidade, Arnaldinho Borgo, que completou 70 dias de gestão, apresentou o tema

Nesta quinta-feira, no Auditório do Senai Araças, aconteceu o 11º Café Empresarial da Assevila – Associação dos Empresários de Vila Velha. A abertura foi realizada pela presidente da Findes, Cristhine Samorini, anfitriã do evento, e contou com aproximadamente 50 participantes presenciais e mais de 200 pessoas acompanhando online, por meio do youtube da Assevila

Apesar de ser o marco zero do Estado e ter a segunda maior população do Espírito Santo, Vila Velha tem baixa arrecadação de ISS e atingiu apenas 7,3% de investimentos municipais em 2019, enquanto Serra investiu 15% e Cariacica 17,3%, segundo o site Finanças dos Municípios Capixabas 2020.

Por iniciativa da Assevila foi formado um grupo de lideranças do setor produtivo com o objetivo de se fortalecerem e defenderem pautas comuns. As 24 instituições componentes também acimam a Agenda Integrada de Desenvolvimento de Vila Velha.

A presidente da Assevila, Cristal Carvalho, entregou ao Prefeito a Agenda Integrada de Desenvolvimento de Vila Velha, um documento construído a muitas mãos, com a participação de especialistas em desenvolvimento e cidades, academia, gestores e ex-gestores, lideranças do setor produtivo entre outros

Foram cruzados dados produzidos pelo Governo Federal, Governo do Estado, Município e por instituições como o ES em Ação, Findes e a própria Assevila, que em 2010 desenvolveu o Plano de Desenvolvimento do Vila Velha

“A Agenda Integrada de Desenvolvimento de VV é inclusiva, dialoga com vários documentos, tem a participação de diversas instituições e pessoas. Nossa intenção é contribuir com a gestão do município, queremos somar forças e ver a cidade crescer”, destaca Cristal Carvalho

 

 

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade