22.7 C
Vitória
terça-feira, 16 abril, 2024

R$ 10 milhões para municípios castigados pelas chuvas

O valor será repassado pela prefeitura de Presidente Kennedy

A doação será por meio do Fundo de Proteção e Defesa Civil do Estado. Para a liberação da verba, a Câmara Municipal deve aprovar o projeto encaminhado pelo o prefeito de Presidente Kennedy, Dorlei Fontão. O repasse é permitido e instituído pela Lei Complementar Estadual nº 69/2013.

De acordo com o prefeito de Presidente Kennedy, a cidade está à disposição do Governo do Estado para contribuir para a recuperação das cidades que sofreram com as fortes chuvas no sul do Estado. “Nossa cidade se solidariza com o sofrimento dos nossos irmãos capixabas, então estou me colocando à disposição do Governador, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros para que possamos ajudar os atingidos pela chuva”, disse Dorlei Fontão.

- Continua após a publicidade -

Grande arrecadador de royalties de petróleo, Presidente Kennedy é a única cidade a contribuir financeiramente com os municípios afetados. “Temos que agradecer ao prefeito por se solidarizar com quem tanto precisa de ajuda neste momento e, agora, confiamos na sensibilidade dos vereadores para que possam aprovar este repasse”, comentou o presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa (CoinfraES), deputado Marcelo Santos.

Para o Governador do Estado, Renato Casagrande, considera a doação fundamental, pois o Espírito Santo vive uma fase de reconstrução da infraestrutura, de recuperação das famílias e de reestruturação dos empreendedores. “A doação será destinada para o Fundo de Defesa Civil, que é um recurso de custeio voltado para situações de emergências e urgências mas também será utilizado em obras de reconstrução das cidades atingidas”, destacou o governador.

Leia Também

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA