Volta às aulas: notas escolares serão lançadas por aplicativo

Foto: Divulgação

Pais e alunos terão acesso às informações pelo sistema lançado pela Secretaria Estadual de Educação (Sedu)

Mais uma facilidade para alunos e professores da rede pública estadual de ensino. A partir da próxima segunda-feira (17), o aplicativo Pauta Eletrônica, lançado pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu) permitirá os lançamentos de notas e frequência, por meio do smartphone, tablet ou notebook, mesmo sem conexão com a internet.

Para facilitar as atividades diárias do professor e o acompanhamento dos pais/responsáveis sobre a vida escolar dos estudantes, o professor vai preencher os dados dos estudantes diretamente no aplicativo, de forma simples e prática.

O preenchimento poderá ser realizado mesmo sem conexão a internet. Quando o professor tiver acesso a uma rede wi-fi essas informações serão inseridas no sistema automaticamente. Já para os pais/responsáveis, a novidade é que eles poderão acessar o Portal do Aluno, de onde estiverem, que disponibilizará as notas e a frequência escolar do estudante.

O secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, disse que “atualmente, a rede estadual de ensino possui 16 mil professores. O aplicativo é uma ferramenta importante que tem dois objetivos: facilitar a vida do professor e ter um olhar mais completo e atualizado sobre o dia a dia da rede, e poder trabalhar melhor a questão do abandono, a reprovação, com um acompanhamento mais intenso do andamento das aulas e dos estudantes. Além disso, o aplicativo vai ajudar a fortalecer o acompanhamento das famílias sobre vida escolar do estudante, que poderá ser feito sem sair de casa. O aplicativo foi feito para toda a comunidade escolar”.

Para o professor de Matemática Wellington Rosa de Azevedo, que atua na Escola Estadual Aflordízio Carvalho da Silva, o aplicativo vai ajudar bastante. “Vamos ter de maneira simples e prática o controle total das notas e frequência dos nossos alunos. Acredito que a ferramenta vai aperfeiçoar nosso trabalho e melhorar o processo de transparência dos procedimentos das escolas”, ressaltou.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome