Presidente eleito do Paraguai está no Brasil

Foto: Reprodução

Apesar de ter sido eleito como presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez assumirá oficialmente o cargo somente em agosto deste ano. 

Desde que venceu as eleições em abril, o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, fará sua primeira viagem internacional e o destino é o Brasil. Na manhã desta segunda-feira (11), o paraguaio se reuniu com o presidente Michel Temer a fim de discutir a agenda de integração bilateral e reforçar os planos regional e internacional.

De acordo com a Agência Brasil, a visita tem caráter cortês, uma vez que o presidente do país vizinho ainda não assumiu o cargo oficialmente. Abdo toma posse no dia 15 de agosto e cumprirá um mandato de cinco anos.

As eleições no Paraguai ocorreram em 22 de abril, quando Mario Abdo obteve 46,49% dos votos, e o segundo colocado, Efraín Alegre, conquistou 42,73%. A diferença foi de pouco mais de 95 mil votos.

Polêmica

Durante a candidatura, Abdo, que é do setor de marketing, sofreu duras críticas por causa da relação de seu pai com a ditadura militar de Alfredo Stroessner. Mario Abdo, pai do atual presidente do Paraguai foi secretário particular do ex-ditador.

Abdo afirmou que Stroessner fez muito pelo país, e discordou das acusações de violação dos direitos humanos, tortura e perseguição cometidos durante o regime militar. O ex-ditador morreu em Brasília, em 2006, após sete mandatos consecutivos como presidente do Paraguai.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!