Joaquim Barbosa diz que chamaria Paulo Hartung

“Se eu entrasse nisso, iria chamá-lo”, teria afirmado o ex-presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, se referindo à possível parceria com Paulo Hartung para eleições presidenciais.

Joaquim Barbosa e Paulo Hartung na disputa presidencial? Uma declaração do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, mexeu com o cenário político capixaba e nacional.

Em entrevista à Maria Cristina Fernandes, do Valor Econômico, publicada nesta sexta-feira (1°), Barbosa destacou o a forma de gestão do governador do Espírito Santo. Segundo Barbosa, ao longo de sua carreira, três homens públicos chamaram sua atenção: José Bonifácio, Getúlio Vargas e Hartung.

“Ele me chamou a atenção no pouco contato que tivemos. Foram, no máximo, três encontros no Supremo. Era o único que me procurava para falar de temas que interessavam ao Estado dele, como a organização da defensoria pública. A maioria só ia em busca de aval para burlar a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Em resposta ao questionamento quanto à definição de candidatura ao cargo de presidente nas próximas eleições, Barbosa declarou um categórico “não”. No entanto, admitiu receber constantes propostas e mencionou a provável parceria com Hartung. “Se eu entrasse nisso, iria chamá-lo”.

 

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome