Bandeira vermelha continua nas contas de luz em julho

Bandeira vermelha
Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica manterá a tarifa extra cobrada em períodos de estiagem e queda no nível de produção de energia

A exemplo de junho, as contas de luz terão bandeira vermelha no patamar 2 também no mês de julho. Isso acarretará em uma cobrança extra de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

A manutenção da bandeira vermelha foi decidida na última sexta-feira (29) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). As informações são da Agência Brasil.

O motivo foi a “manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e a tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional”.

Nos quatro primeiros meses do ano, vigorou a bandeira verde. Dessa forma, não houve cobrança extra na conta de luz. Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 a cada 100 kWh consumidos.

Bandeira

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira – nas cores verde, amarela e vermelha – está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1 da bandeira vermelha, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh. Já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!