23.3 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Vports registra recorde de movimentação de janeiro a maio

Crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior foi de 33%

Por Redação

A movimentação de cargas na Vports nos primeiros cinco meses do ano superou em 33% o volume movimentado no mesmo período de 2023. No total, de janeiro a maio, foram 3,3 milhões de toneladas de produtos movimentados, entre contêineres, granéis sólidos e carga geral, em mais um recorde para o porto.

- Continua após a publicidade -

Os produtos que tiveram maior incremento na movimentação foram, nesta ordem, automóveis, café, granito, concentrado mineral, carvão e hulha e coque de petróleo.

No segmento de contêineres, o crescimento de janeiro a maio foi de 51% em toneladas e de 60% em número de unidades. Foram 95 mil unidades, representando um volume de 1,38 milhão de toneladas, tendo como destaque o granito e o café.

Já no que diz respeito à carga geral, o crescimento foi de 73%, totalizando 471 mil toneladas movimentadas. Entre os destaques, está o recorde na movimentação de automóveis, com 75.372 unidades chegando pelos portos capixabas ao longo dos cinco primeiros meses do ano, num incremento de 215% em relação ao mesmo período de 2023. 

Das 1.084 toneladas referentes a granéis sólidos, um aumento de 23%, com ênfase para ferro gusa, os fertilizantes e os concentrados minerais. Já em relação aos granéis líquidos, 266 mil toneladas  de combustível foram movimentadas e a soda cáustica teve um incremento de 14%, totalizando 74 mil toneladas movimentadas.

Para o diretor-presidente da Vports, Gustavo Serrão, os volumes recordes e o crescimento registrado nos cinco primeiros meses do ano são resultado de um trabalho focado em dar mais dinamismo, eficiência, flexibilidade e estrutura ao porto. 

“O Espírito Santo tem vocação portuária, mas era latente a necessidade de investir em modernização e infraestrutura, além de tornar as relações comerciais mais ágeis e personalizadas, permitindo atender com eficiência as demandas dos clientes. E é nisso que temos apostado”, considera.

Segundo ele, desde o início da concessão para a gestão privada, oito novos contratos foram firmados, enquanto a média anterior era de um novo contrato a cada quatro anos.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA