22.1 C
Vitória
domingo, 23 janeiro, 2022

Vitória ganha parque com galeria de arte a céu aberto

esbrasil_escultura_parque_reserva_verde_vitoria
Escultura no Parque Municipal Cultural Reserva na Enseada do Suá, em Vitória. Foto: Divulgação/PMV/Leonardo Silveira

O parque possui obras de arte contemporânea dos artistas plásticos capixabas Sandro Novaes e Vilar, José Spaniol, Adrianna Eu, Thainan Castro, Antônio Bokel e José Bechara

Por Wesley Ribeiro 

O bairro Enseada do Suá, em Vitória, ficou ainda mais bonito. Na sexta-feira, 17 de dezembro, foi inaugurado no bairro o Parque Municipal Cultural Reserva Vitória. Uma bela área verde com equipamentos de lazer e obras de arte, com 16 mil metros quadrados.

Segundo a Prefeitura Municipal de Vitória, o novo parque foi totalmente construído pela iniciativa privada, sem nenhum recurso público, dentro da área de um loteamento que se encontra em fase de execução.

Trata-se de uma compensação ambiental firmada pela Prefeitura de Vitória, por meio das Secretarias Municipais de Meio Ambiente (Semmam), Desenvolvimento da Cidade e Habitação (Sedec) e a Nova Cidade Empreendimentos, com investimentos em torno de R$ 26 milhões.

“Há dois anos, tudo aqui era um terreno vazio, sem infraestrutura e sem função social. Apenas 24 meses depois, temos esse espaço magnífico, que vai conectar as pessoas com a arte, conectar as famílias e conectar gerações”, disse o presidente do Grupo Buaiz, Américo Buaiz.

“Quero agradecer este presente de Natal que a cidade está recebendo. São 16m² de arte, cultura, urbanismo e lazer. Tudo democrático e aberto ao público, sem custo à população. Uma honra poder ter um lugar assim em nossa capital”, disse o prefeito.

Obras de Arte

O parque possui ruas de pedestres, paisagismo com centenas de árvores, espécies diferentes de plantas e um espelho d’água de 40 metros quadrados. 

O espaço possibilita a prática de atividades ao ar livre, possui parquinho e academia de ginástica para a terceira idade. O diferencial, no entanto, são as esculturas gigantes, que convidam os visitantes a interagirem com elas e com toda a beleza do local.

As obras de arte contemporânea são dos artistas plásticos capixabas Sandro Novaes e Vilar, José Spaniol, Adrianna Eu, Thainan Castro, Antônio Bokel e José Bechara. O parque é um projeto de Diocélio Grasselli com o escritório de paisagismo de Burle Marx.

Melhorias

Muitas melhorias foram realizadas na Avenida Marília de Rezende Scarton Coutinho – que dá acesso à Ilha do Boi – com a construção do parque. A ciclovia foi recuperada, o calçadão foi remodelado e os canteiros receberam novas mudas e cores. Desta forma, o parque fica integrado à região de grande importância turística e econômica da cidade.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade