24.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro, 2021

Jacqueline ganha visibilidade e não descarta disputar vaga na Câmara

Jacqueline tem atuado em projetos voltados para empoderamento da mulher

Desde que assumiu o mandato de vice-governadora, Jacqueline Moraes tem trabalhado com foco em projetos voltados para a defesa da mulher. A pauta, cada vez mais importante e sendo discutida em todos os cenários, colocou a ex-vereadora como uma das apostas do PSB para concorrer uma cadeira na Câmara Federal nas eleições de 2022.

Em conversa com a reportagem da ES Brasil, Jacqueline contou que por enquanto seu trabalho tem sido focando no seu mandato como vice, no entanto, não descartou essa possibilidade.

Jacqueline sabe que é uma tradição que os nomes que ocuparam a vice-governadoria sejam candidatos a deputado federal. Foi assim também com o atual governador Renato Casagrande (PSB).

“Não sou muito de fazer projeção. Ainda estamos na metade do mandato, mas se meu partido me colocar nessa posição estou à disposição na hora certa”, revelou.

Empoderamento

Jacqueline tem se destacado no meio político, não só por ter a missão de representar o governador Renato Casagrande em eventos oficiais.

Sua bandeira, que poderá ser levada também para Brasília, caso seja eleita, é garantir empoderamento de mulher com foco no empreendedorismo. É ela, inclusive, que vem levando o projeto Agenda Mulher aos municípios capixabas.

“Entendemos que para romper o ciclo de violência, a mulher precisa de autonomia para tomar suas próprias decisões. E estamos trabalhando nessa vertente, na transversalidade com as secretarias que envolvem saúde, educação, cultura e esporte”.

Na última segunda-feira, no Dia Internacional da Mulher, apresentou mais um canal de combate à violência doméstica.

Com o SOS Marias, uma nova funcionalidade disponibilizada dentro do aplicativo 190 ES, as vítimas podem fazer o acionamento emergencial da Polícia Militar sem a necessidade de atendimento pelo call center, visando os casos de mulheres em situação de violência que não podem, por ocasião do fato, solicitar o apoio de uma viatura policial discando para o 190.

“O avanço no enfrentamento a este tipo de crime carece dessa reestruturação interna, da capacitação continuada e de criatividade”, declarou Jacqueline Moraes”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade