21.6 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Vegetarianismo faz bem à saúde. Saiba o motivo

Com o vegetarianismo, é possível manter uma alimentação equilibrada e saudável

A crença de que a proteína animal é a única fonte de nutrientes essenciais está sendo desafiada por um crescente número de indivíduos que optam por adotar dietas vegetarianas. Contrariando a noção convencional, essas pessoas demonstram que é possível manter a saúde em ótimas condições sem consumir carne.

De acordo com a Vegan Society, o vegetarianismo é uma escolha que visa eliminar, na medida do possível, qualquer forma de exploração e crueldade animal, não apenas na alimentação, mas também em outras áreas do consumo, como vestuário. Essa filosofia tem ganhado adeptos que encontram razões éticas, ambientais e sociais para abraçar esse estilo de vida.

- Continua após a publicidade -

Existem diferentes formas de vegetarianismo, cada uma com suas especificidades. O ovolactovegetarianismo inclui ovos, leite e laticínios na dieta, enquanto o lactovegetarianismo limita-se ao consumo de leite e laticínios. Há também o ovovegetarianismo, que se baseia no consumo de ovos, e o vegetarianismo estrito, que exclui completamente produtos de origem animal da alimentação.

Essa diversidade de abordagens mostra que o vegetarianismo é uma escolha personalizada, permitindo que cada indivíduo adapte sua dieta de acordo com suas preferências e valores. Essa tendência reflete não apenas uma mudança nos hábitos alimentares, mas também uma crescente conscientização sobre os impactos do consumo de produtos de origem animal no meio ambiente e na sociedade como um todo.

Alimentação

Sócio-fundador da Casa Graviola, Abner Lopes, afirma que os produtos têm mudado justamente para atender a esse público. “Hoje são muitos os ingredientes substitutos de outros tradicionais. Até para o ovo já inventaram uma versão vegana”, conta ele.

Vegetarianismo faz bem à saúde. Saiba o motivo
Lasanha vegetal – Reprodução Instagram @casagraviola

Lopes garante que em seus restaurantes os produtos também sofreram essa mudança. “Aqui utilizamos o inhame, por exemplo, como base para as nossas maioneses que são servidas no hambúrguer e em alguns pratos; e como substituto do ovo e do trigo para manter firme o nosso nhoque vegano de raízes da estação com pesto de manjericão. Em nossos restaurantes, utilizamos o máximo possível de produtos onde a sua embalagem é a sua casca, e não uma caixa de papelão, de alumínio, ou algo do tipo”, diz o empresário.

Ele frisa, ainda, que o mercado de alimentação saudável e vegetariano no Brasil está em constante mudança. “Vivemos a era da informação. Consumimos uma quantidade de informação absurda diariamente pela internet. Juntando isso com o aumento da pressão que vivemos hoje no mercado de trabalho pra corresponder as expectativas da sociedade, pois tudo que fazemos hoje é visto; e consequentemente um aumento de pessoas doentes por ansiedades, depressões, etc; temos procurado equilibrar isso tudo com uma dieta mais saudável. Isso tem feito com que o mercado de alimentação saudável e o vegetarianismo cresça muito e a cada dia mais”, observa Lopes.

Por que ser vegetariano?

Diversos estudos associam efeitos positivos de saúde com a maior utilização de produtos de origem vegetal e restrição de produtos oriundos do reino animal, segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). Com isso, o consumo de carnes está diretamente associado ao risco aumentado de doenças crônicas e degenerativas como diabetes, obesidade, hipertensão e alguns tipos de câncer.

Outro assunto importante que as instituições relacionadas ao meio ambiente discutem é que o setor pecuário é o maior responsável pela erosão de solos e contaminação de mananciais do mundo. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 14,5% das emissões de gases do efeito estufa oriundas de atividades humanas têm origem no setor pecuário.

Também vale destacar a conscientização quanto ao desperdício de alimentos. Em um mundo em que muitas pessoas passam fome jogar comida no lixo é inadmissível.

*Matéria publicada originalmente em 1º de outubro de 2019

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA