29.9 C
Vitória
domingo, 23 junho, 2024

Tchouaméni pode desfalcar o Real na final da Liga dos Campeões

O volante francês, substituído diante do Bayern de Munique, teve uma lesão por estresse no pé direito diagnosticada

O Real Madrid pode ter um desfalque de peso na decisão da Liga dos Campeões, agendada para dia 1º de junho, em Wembley, diante do Borussia Dortmund. O volante francês Tchouaméni, substituído diante do Bayern de Munique, teve uma lesão por estresse no pé direito diagnosticada e corre contra o tempo para encarar os alemães.

Tchouaméni foi substituído pelo brasileiro Éder Militão dois minutos depois de o Bayern de Munique abriu o placar no Santiago Bernabéu, o que parecia apenas uma mudança por opção de Carlo Ancelotti. Mas, na verdade, o volante saiu por estar sentindo uma contusão, confirmada após exames nesta sexta-feira.

- Continua após a publicidade -

“Depois dos exames realizados hoje em nosso jogador Aurélien Tchouaméni pelos serviços médicos do Real Madrid, foi diagnosticado uma lesão por esforço no pé esquerdo”, revelou o clube merengue.

A lesão ou fratura por estresse é uma pequena fissura em um determinado osso causado por esforço repetitivo ou de força. E não é uma contusão tão simples de se tratar. Faltando somente 23 dias para a tão sonhada decisão da europa, a presença de Tchouaméni está bastante ameaçada.

O Real Madrid não descarta o jogador, tampouco dá prazo para uma recuperação. Ocorre que o problema não aflige o volante pela primeira vez. Em outubro, ele também sofreu uma lesão por estresse, mas no pé esquerdo, após jogar os 90 minutos no clássico com o Barcelona.

Na época, o diagnóstico era de dois meses de ausência dos gramados. O volante retornou após 47 dias, o que o deixa praticamente fora do duelo com o Borussia Dortmund. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA