23.8 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

TCE-ES acompanhará obras do Cais das Artes em “tempo real”

Auditores fiscais fiscalizarão execução do projeto de retomada do Cais das Artes em conjunto com DER e empresa de engenharia

Por Robson Maia

O Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE-ES) segue acompanhando o andamento da retomada das obras do Cais das Artes, em Vitória. Na última semana, auditores de Controle Externo participaram de um encontro com representantes do Departamento de Edificações e Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER), responsável pela execução do projeto.

- Continua após a publicidade -

O encontro foi o primeiro do grupo após a assinatura do acordo para retomada dos trabalhos.   A secretária de Fiscalizações do TCE-ES, Flavia Holz, ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela cúpula para garantia de transparência durante todo processo.

“Entendo que este acompanhamento seja umas das atividades mais importantes do TCE-ES considerando a relevância do Cais e a complexidade para um bom cumprimento do acordo”, afirmou Holz.

A reunião contou com a participação de representantes da Dan Engenharia, empresa que irá auxiliar o DER na fiscalização da execução da obra.

“Este foi um primeiro contato em que nos apresentamos e apresentamos as questões principais que serão observadas. Esta é uma fiscalização de acompanhamento, que será feita ‘em tempo real’ com o andamento da obra”, explicou o auditor Guilherme Fernandes, do Núcleo de Controle Externo de Edificações (NED).

O auditor do NED acrescentou que esta é uma fiscalização indireta da obra, uma vez que a responsabilidade final do acompanhamento do projeto é do Governo do Estado.

“Como é um acompanhamento em tempo real, a gente não pode se sobrepor ao órgão estadual e fazer algo que eles deveriam fazer. Contudo, ao verificar se a fiscalização do DER está sendo feita corretamente, de forma indireta, nós garantimos que a obra está seguindo da forma correta, respeitando prazos, custos e qualidade”, detalhou o auditor.

TCE-ES acompanhará obras do Cais das Artes em “tempo real”
Encontro entre auditores e representantes do DER ocorreu na última semana – Foto por TCE-ES

Para a realização dos trabalhos será procedida uma análise dos documentos relativos à contratação e às medições incluindo relatórios produzidos pela fiscalização, ensaios tecnológicos além de outros documentos que a equipe julgar necessários e inspeções in loco que serão previamente agendadas com a fiscalização do contrato.

O modelo de fiscalização adotado no Cais das Artes é o mesmo utilizado em outras grandes obras no Espírito Santo, como do Hospital Geral de Cariacica, Complexo de Saúde Norte, Penitenciária de Vila Velha, entre outros.

“Esse tipo de fiscalização é muito positivo porque quando verificamos que há algo incorreto, os responsáveis logo buscam corrigir. Logo, ele evita que a irregularidade aconteça. E isso é bem melhor do que quando a fiscalização é feita depois da obra pronta – você até aponta os erros, mas o responsável, muitas vezes, não tem tempo para corrigir”, comparou o auditor do NED.

De acordo com o Governo do Estado, a primeira fase das obras, prevista no contrato, será a execução dos serviços de reforma, reparação e recuperação das instalações já construídas, necessárias à continuidade do projeto. Para isso, serão realizados os diagnósticos e levantamentos.

Segundo o auditor Guilherme Fernandes, a obra no Cais das Artes deve ser retomada ainda este mês. “A informação que temos é que o consórcio responsável começou a parte de montagem do canteiro de obras e está fazendo a limpeza e o diagnóstico dos problemas causados pelo tempo de paralisação. Assim que for concluída esta etapa a obra deverá ser retomada”, disse.

A obra no Cais das Artes teve início em abril de 2010, mas o contrato inicial foi rescindido em 2012. Em 2013 houve nova tentativa de dar sequência à obra, contudo em 2015 houve uma nova paralisação interrompendo o andamento da obra. Em junho do ano passado, o Governo do Estado e o Consórcio responsável pela construção assinaram um acordo para a retomada e conclusão dos trabalhos. A previsão é que eles durem 30 meses a contar de junho de 2023.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA