21 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Seleção brasileira de judô inicia temporada pré-olímpica

Judocas que irão representar o Brasil nos jogos olímpicos de Paris neste ano iniciaram os treinos na cidade de Mittersill, na Áustria

A expectativa do judô brasileiro é trazer medalhas dos Jogos Olímpicos de Paris-2024 e, para isso, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) anunciou nesta quinta-feira que a seleção passará por camping em Mittersill, na Áustria, que reunirá as principais equipes do mundo para fase de treinamento.

De acordo com a entidade, o gelado vilarejo austríaco de aproximadamente 5 mil habitantes é o local ideal para o início da preparação. A seleção brasileira estará em Mittersill na próxima semana para o tradicional EJU Olympic Training Camp, que reúne mais de mil judocas do mundo inteiro.

- Continua após a publicidade -

“Mittersill é um treinamento tradicional de abertura do ano e todos os países vão com time A, com os principais atletas que estarão nos Jogos Olímpicos. Então, era primordial que fôssemos com os nossos atletas também. A expectativa é de ter mais de mil atletas participando. Com isso, a principal característica é de um treino de alto volume de randori (lutas), mais de dez por dia em média, e de altíssima qualidade. Quem souber aproveitar Mittersill, certamente, estará melhor preparado para os maiores desafios de 2024”, explicou Marcelo Theotônio, gerente de Alto Rendimento da CBJ.

O ponto de partida do ano olímpico da seleção brasileira de judô ocorre oficialmente neste sábado, dia 6 de janeiro, quando vinte atletas, 10 mulheres e 10 homens, convocados pela CBJ embarcam para o treinamento de campo de inverno, de olho nos principais adversários.

Além dos Jogos Paris-2024, o camping na Áustria serve de aperfeiçoamento para a primeira competição oficial do ano: o Grand Prix de Portugal, nos dias 26, 27 e 28 de janeiro, distribuindo até 700 pontos no ranking olímpico.

Confira os convocados:

Seleção feminina

  • 48kg – Alexia Nascimento (Pinheiros)
  • 48kg – Natasha Ferreira (Sociedade Morgenau)
  • 52kg – Jéssica Pereira (Instituto Reação)
  • 57kg – Jéssica Lima (Sogipa)
  • 57kg – Rafaela Silva (Flamengo)
  • 63kg – Ketleyn Quadros (Sogipa)
  • 63kg – Nauana Silva (Pinheiros)
  • 70kg – Luana Carvalho (Vasco)
  • 78kg – Karol Gimenes (Pinheiros)
  • 78kg – Giovanna Santos (Flamengo)

Seleção masculina

  • 60kg – Michel Augusto (SESI)
  • 60kg – Christian Silva (Palmeiras)
  • 66kg – Luiz Eduardo Rossetim (Palmeiras)
  • 73kg – Gabriel Falcão (Instituto Reação)
  • 73kg – Vinícius Ardina (SESI)
  • 81kg – Guilherme Schimidt (Minas Tênis Clube)
  • 90kg – Rafael Macedo (Sogipa)
  • 100kg – Leonardo Gonçalves (Sogipa)
  • 100kg – Rafael Buzacarini (Pinheiros)
  • +100kg – Rafael Silva (Pinheiros)

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA