22.1 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho, 2022

‘Salão alternativo’ leva carros a Interlagos

O salão atraiu fabricantes que vão mostrar novidades ao público e até fazer lançamentos no autódromo de São Paulo de 7 a 10 de julho

Organizador do Festival Interlagos Motos há três anos, o empresário Márcio Saldanha Marinho aproveitou o vácuo deixado pela suspensão do Salão do Automóvel e criou uma versão do evento para carros, com foco em modelos premium.

O “salão alternativo” atraiu fabricantes que vão mostrar novidades ao público e até fazer lançamentos no autódromo de São Paulo de 7 a 10 de julho. Em vez de luxuosos estandes, os carros serão expostos nos boxes.

Visitantes poderão testar carros de algumas marcas na pista de competição. Os organizadores esperam 30 mil pessoas. Ingressos estão à venda por R$ 70 e os testes devem ser agendados com o expositor.

Eduardo Bernasconi, empresário experiente em promoção de eventos automotivos e dono do site FullPower, é o responsável pelo Festival Interlagos Carros.

Ele diz que Audi, Jaguar Land Rover e Volvo já estão confirmadas Há negociações com Ferrari, BYD, Ford, Lamborghini, Mercedes-Benz, Jeep, RAM e Porsche.

Também participam empresas de autopeças e de outros setores, como iFood e Heineken.

Segundo Marinho, o custo de participação é equivalente a uma fração dos valores gastos no Salão do Automóvel. “Os boxes para exposições já estão montados e a marca fica responsável apenas pela parte cenográfica”, diz.

“Para os testes, nós organizamos a estrutura, oferecemos os pilotos para acompanhar o visitante, checagem de equipamentos e segurança”, acrescenta Bernasconi. Como atração, o evento terá festas eletrônicas com vários Djs.

A Audi, marca que volta a produzir carros no Brasil em julho, após um ano e meio, promete dois lançamentos, ainda mantidos em sigilo. Entre os modelos que vai expor estão quatro elétricos e o Q3 Sportback, a ser produzido no Paraná.

“Vamos convidar 100 clientes por dia para testar nossos carros”, diz Cláudio Rawicz, diretor de Marketing e Comunicação da Audi. A empresa vai liberar dois veículos para visitantes dirigirem.

Segundo Rawicz, a Audi está de olho no público de maior poder aquisitivo e eventos como esse, de pequeno porte, são a melhor forma de atingir esse nicho. Carros de luxo são 2% das vendas totais no País.

A Audi ainda não havia decidido sua participação no Salão do Automóvel, que ocorreria em agosto em novo formato, também em Interlagos, mas foi suspenso em maio. Várias marcas já tinham optado por não participar por causa das dificuldades de produção com a falta de chips e do custo elevado

Duas rodas

Em sua quarta edição, o Festival Interlagos Motos ocorre de 23 a 26 deste mês com mais de 50 empresas, entre elas todas as grandes montadoras, informa Marinho. “O evento não é só uma exposição, é uma Disneylândia das motocicletas”, diz.

Em 2021, o Festival recebeu 22 mil visitantes e foram feitos 6 mil testes. Este ano são esperadas 50 mil pessoas.

O ingresso custa R$ 70, mas quem quiser dirigir as motos paga R$ 450, com direito a escolher três modelos para três voltas na pista com cada uma. Haverá shows dos sertanejos Fernando & Sorocaba.

Confiantes no sucesso dos dois eventos, Marinho e Bernasconi já reservaram o autódromo para as edições de 2023 e 2024.

Com informações de Agência Estado

Continua após publicidade

Mais Target

Blogs e colunas