23.2 C
Vitória
terça-feira, 25 junho, 2024

Ronaldo vende SAF do Cruzeiro ao empresário Pedro Lourenço

O ex-jogador assumiu a SAF do Cruzeiro em 2021 e conduziu a equipe de volta à elite do futebol brasileiro no primeiro ano de gestão

Ronaldo acertou a venda de 90% das ações da SAF do Cruzeiro ao empresário de 68 anos Pedro Lourenço, dono da rede Supermercados BH. O acordo foi selado em reunião nesta segunda-feira no centro de treinamento do clube em Belo Horizonte, e ainda depende de aprovação de órgãos regulatórios e tramitações legais. O valor da negociação não foi divulgado.

“Estamos comprando a SAF do Ronaldo não comercialmente. É o amor que temos pelo Cruzeiro. Lógico que é um negócio, mas é pelo carinho e o respeito que tenho pelo torcedor. Essa compra do Cruzeiro é pelo amor que tenho pelo clube”, disse Lourenço em entrevista coletiva. A porcentagem adquirida pelo empresário foi a mesma fatia comprada por Ronaldo em dezembro de 2021. Na época, o ex-jogador desembolsou R$ 400 milhões na transação.

- Continua após a publicidade -

Lourenço também destacou o desejo de ter o executivo Alexandre Mattos como o “homem do futebol” do Cruzeiro. O dirigente estava no América-MG e já teve a saída comunicada pelo clube. “Ele (Mattos) está animado. O Pedro (filho de Lourenço) vai ser o assistente do Alexandre”, afirmou o novo dono da SAF cruzeirense à Rádio Itatiaia.

Mais tarde, o Cruzeiro comunicou que o diretor interino de futebol do time, Paulo André, anunciou a saída do posto, e agradeceu ao executivo nas redes sociais. “Paulo participará do processo de transição com o futuro gestor da área”, escreveu o clube.

Pedro Lourenço era conselheiro do Cruzeiro e já se envolveu na gestão do clube com patrocínio e investimentos para contratação de jogadores na década passada. Segundo dados da Associação Brasileira de Supermercadistas (Abras), a rede de supermercados do empresário registrou faturamento de mais de R$ 17.3 bilhões em 2023, o quinto maior do Brasil no período.

Ronaldo assumiu a SAF do Cruzeiro em 2021 e conduziu a equipe de volta à elite do futebol brasileiro no primeiro ano de gestão. O ex-jogador e ídolo cruzeirense dentro das quatro linhas falou sobre a venda. “Uma mistura de sentimentos bate em mim hoje, mas principalmente o sentimento de dever cumprido”, afirmou.

“Inevitável não lembrar dois anos e quatro meses atrás quando eu irresponsavelmente assumi esse grande desafio que foi comprar a SAF do Cruzeiro. De lá para cá, muitos desafios enfrentamos. A grande maioria deles, vencemos. Entrego o Cruzeiro nas mãos do Pedrinho com a sensação de tranquilidade e de dever cumprido, uma vez que a situação do Cruzeiro era muito precária”, afirmou o ex-jogador. “Quero agradecer a todos os colaboradores do Cruzeiro, funcionários, jogadores, treinadores, diretores e o maior patrimônio do Cruzeiro, que é a torcida.”

Ronaldo também comentou que cumpriu o objetivo que tinha no clube mineiro. “Reerguer o Cruzeiro, colocar no seu devido lugar e, no momento certo, passar para a pessoa certa”, disse. “Estarei sempre na torcida para que possam fazer o Cruzeiro cada vez maior.” Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA