23.9 C
Vitória
quinta-feira, 20 junho, 2024

PSG confirma Mbappé em jogo, mas não garante permanência

Mbappé gerou um cenário de tensão no PSG desde que comunicou que não iria ativar a cláusula de renovação automática em seu contrato

O técnico Luis Enrique confirmou, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, que Kylian Mbappé está relacionado para o duelo com do Paris Saint-Germain com o Toulouse, marcado para as 16 horas de sábado e válido pela segunda rodada do Campeonato Francês. O astro francês de 24 anos voltou a treinar com o elenco nesta semana após um período afastado em razão da indefinição sobre sua permanência no clube.

“Ele está em grande forma, ele tem muita vontade, está em um estado de espírito muito bom. Estou muito feliz por ter um jogador de classe mundial como Kylian”, comentou o treinador. Em outra trecho da coletiva, foi questionado como “avaliava pessoalmente” a volta de Mbappé e se havia recebido uma garantida da diretoria de que o jogador continuará no elenco até o final da temporada, mas respondeu apenas a primeira parte da pergunta. “Como treinador, vejo como uma grande notícia. Não só pelo que acrescenta como atleta, mas como pessoa”, limitou-se a dizer.

- Continua após a publicidade -

Mbappé gerou um cenário de tensão no PSG desde que comunicou que não iria ativar a cláusula de renovação automática em seu contrato. Na mira do Real Madrid, também recusou uma oferta com novos valores para ampliar o vínculo. O compromisso dele com o PSG termina no meio de 2024, por isso, a partir do final deste ano, poderá assinar pré-contrato com qualquer clube.

A situação fez o PSG trabalhar com a possibilidade de negociar o atacante nesta janela de transferências, para não perdê-lo sem ter nenhum retorno financeiro, mas os rumos mudaram nos últimos dias. Mesmo afastado e treinando em separado, Mbappé esteve nas tribunas do Parque dos Príncipes durante o empate sem gols com o Lorient, na estreia do Campeonato Francês. No dia seguinte, foi reintegrado ao elenco.

De acordo com o jornal ‘L’Equipe’, no mesmo dia da reintegração, o presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi, esteve Centro de Treinamento de Poissy e confirmou a permanência do atacante francês em uma conversa com todo o elenco. O mandatário teria afirmado que Mbappé está de volta e totalmente dedicado ao clube

Saída de Neymar e Marquinhos capitão

Após o final de semana, veio a notícia de que Neymar, apontado como desafeto do francês, estava deixando o PSG para reforçar o Al-Hilal, da Arábia Saudita. O brasileiro se despediu do elenco na quinta-feira. Durante a coletiva desta sexta-feira, Luis Enrique falou sobre a saída de Neymar, com quem já tinha trabalhado no Barcelona, e considerou o desfecho positivo para amos os lados.

“Acho que foi uma decisão favorável para todos. Gostaria de agradecê-lo pelo comportamento que demonstrou durante o tempo que o tive no elenco desde que cheguei. Ele é um jogador de classe mundial e desejo-lhe tudo de bom e melhor no futuro”, comentou o treinador espanhol.

Outro assunto tratado por Luis Enrique foi a escolha do capitão para a temporada, após o brasileiro Marquinhos, dono da faixa, começar no banco de reservas no primeiro jogo. Conforme informações do L’Equipe, o elenco já decidiu que o cargo continua nas mãos do zagueiro.

“É muito simples, eu não escolho o capitão, os jogadores escolhem. Eles se conheceram esta semana. São quatro capitães, é algo que é definido pelos jogadores, não pelo treinador, quero que seja o capitão deles, mas não meu capitão”, disse o treinador. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA