22.1 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Mbappé passa em branco, mas PSG vence clássico no Francês

Com a vitória, o PSG chegou aos 62 pontos, manteve os 12 de vantagem sobre o vice-líder Brest e fica mais perto do título

Em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Francês, realizada no estádio Orange Vélodrome, Olympique de Marselha e Paris Saint-Germain fizeram o grande clássico do Campeonato Francês. Mesmo jogando com um a menos desde o fim do primeiro tempo, devido a expulsão do zagueiro Beraldo, da seleção brasileira, o time da capital venceu por 2 a 0 debaixo de muita chuva no sul do país.

Os portugueses Vitinha e Gonçalo Ramos foram os autores dos gols. Com a vitória, o PSG chegou aos 62 pontos, manteve os 12 de vantagem sobre o vice-líder Brest e fica mais perto do título. Já o Olympique perdeu a segunda seguida e estacionou nos 39 pontos, em 7º lugar.

- Continua após a publicidade -

O clássico começou quente, com o PSG se lançando ao ataque aos 4 minutos em bela jogada pela direita com Dembélé, que cruzou para a área e, após desvio do goleiro Pau López, a bola ficou livre para Fabian Ruiz. O meia finalizou mal e desperdiçou a chance. Já aos 5, o zagueiro do PSG Danilo Pereira quase fez contra. O Olympique, então, saiu para o jogo, primeiro com Aubameyang, que parou em Donnarumma, e depois com Veretout, que pegou um rebote e mirou o ângulo, mas a bola raspou o travessão antes de sair.

Aos poucos, o PSG controlou as ações e achou espaço na defesa adversária aos 29 minutos novamente com Dembelé, o jogador mais incisivo. Ele arrancou do meio-campo e driblou três marcadores, mas finalizou para fora, à esquerda do gol. E, aos 40, quando o PSG era melhor, o brasileiro Lucas Beraldo era o último homem da defesa e parou uma arrancada de Aubameyang no meio-campo, sendo expulso depois da revisão do VAR.

Com um a mais, o Olympique voltou para o segundo tempo indo para cima do PSG e levou perigo com Kondogbia e Luis Henrique. Mas quem marcou foi o time visitante. Aos 7 minutos, Vitinha roubou de Kondogbia e achou Dembelé no contra-ataque, que devolveu a tabela para o português chutar de dentro da área no cantinho do goleiro para inaugurar o marcador: 0 a 1. O Olympique chegou a empatar na sequência, com Veretout finalizando um rebote de Donnaruma, mas o gol foi anulado por impedimento de Luis Henrique, que atrapalhou a visão do goleiro, segundo o árbitro.

Apagado na partida, Mbappé – que deve sair ao fim da temporada – foi substituído logo aos 18 minutos da etapa complementar por Gonçalo Ramos e a arquibancada fez questão de vaiar o atacante, que deixou o campo direto para o vestiário, sem falar com o treinador Luis Enrique, não escondendo sua frustração.

Aproveitando o momento, o Olympique aumentou a pressão com uma sequência de ataques perigosos, mas um inspirado Donnarumma segurou o ímpeto dos donos da casa. E, aos 40, o PSG matou o jogo. Depois de sofrer na defesa, Hakimi puxou um contra-ataque perfeito, enfiou o passe para Asensio que só rolou para Gonçalo Ramos ampliar o marcador: 0 a 2.

Na próxima rodada o Olympique vai até Lille enfrentar o time da casa na sexta-feira (5) e o PSG recebe o Clermont no sábado (6). Antes disso, os parisienses decidem a semifinal da Copa da França contra o Rennes, na quarta-feira (3), na capital. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA