25.5 C
Vitória
sábado, 18 maio, 2024

Ponte sobre o Rio Marinho está interditada para a construção de uma nova

Previsão é de que as obras ocorram em até 180 dias e incluem uma passarela de pedestres com guarda-corpo, além de duas vias

Por Kebim Tamanini

A ponte sobre o Rio Marinho será demolida para a construção de uma nova. A interdição do local ocorreu na última quarta-feira (03), com investimentos de mais de R$1,3 milhão, a serem executados no prazo de até 180 dias. Aos moradores da região, o Departamento de Edificações e Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) informou opções de desvios.

- Continua após a publicidade -

O motivo da construção da nova ponte sobre o Rio Marinho é melhorar a macrodrenagem, por meio do trabalho das Estações de Bombeamento de Águas Pluviais (EBAPs). O projeto inclui uma passarela de pedestres com guarda-corpo, além de duas vias (sentido duplo) para aprimorar o fluxo de veículos e pedestres.

Como alternativas de desvio, o DER-ES sugere duas opções aos motoristas: retornar da Avenida Papa João XXIII até a Praça Principal de Cobilândia, saindo pela Rua José Patrocínio (ponte recém-inaugurada pelo DER); ou ainda seguir pela Avenida Papa João XXIII, sentido Rodovia Leste-Oeste, e sair pela Rua Desengano (acessando a Rodovia Leste-Oeste). No local, também foi construída uma passarela para que os pedestres não necessitem fazer os desvios sugeridos aos motoristas. Confira no mapa abaixo.

Ponte sobre o Rio Marinho está interditada para a construção de uma nova

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA