25.3 C
Vitória
domingo, 12 julho, 2020

Poluição causa mais de 25% das mortes infantis

Leia Também

Como usar e higienizar as máscaras caseiras? Atente-se às dicas!

A Secretaria Municipal de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim desenvolveu um protocolo de uso e higienização das máscaras para quem os usa diariamente.

Musical “Tropicalinha” agita Diversão em Cena ArcelorMittal

A live contará a história que se passa no fictício Reino de Pindorama, governado por uma rainha autoritária e que proibia a música.

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Verstappen crava melhor tempo dos treinos livres do GP da Estíria

Neste domingo, a largada será às 10h10. Saiba mais! O holandês Max Verstappen foi o mais rápido da sexta-feira nos treinos livres do GP da...

Grande parte das causas mais comuns de morte entre crianças com idade entre um mês e 5 anos – diarreia, malária e pneumonia – pode ser prevenidas

Mais de uma em cada quatro mortes de crianças menores de 5 anos em todo o mundo são atribuídas a ambientes considerados insalubres. Todos os anos, riscos ambientais – como poluição do ar, água não tratada, falta de saneamento e higiene inadequada – matam 1,7 milhão de crianças nesta faixa etária, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O estudo “Herdando um Mundo Sustentável: Atlas sobre a Saúde das Crianças e o Meio Ambiente” (tradução livre) revela que muitas das causas mais comuns de morte entre crianças com idade entre um mês e 5 anos – diarreia, malária e pneumonia – pode ser prevenidas por meio de intervenções já conhecidas para reduzir riscos ambientais, como o acesso à água tratada.

“Um ambiente poluído é um ambiente mortal, particularmente para crianças pequenas”, disse a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. “Seus órgãos em desenvolvimento e sistemas imunológicos, além de seus pequenos corpos e vias aéreas, as tornam especialmente vulneráveis ao ar sujo e a água contaminada”, afirmou.

As exposições prejudiciais, segundo a entidade, podem começar já no útero materno, o que aumenta o risco de parto prematuro. Além disso, quando bebês e crianças em idade pré-escolar são expostos à poluição do ar em ambientes internos e externos e à fumaça de cigarro, o risco de pneumonia na infância aumenta, assim como a chance de desenvolver doenças respiratórias crônicas, como asma.

Principais causas de morte entre crianças Dados da OMS sobre as cinco principais causas de morte entre crianças menores de 5 anos, ligadas ao ambiente em que vivem, alertam que, todos os anos:

– 570 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de infecções respiratórias como pneumonia, atribuídas à poluição de ambientes internos e externos e à fumaça de cigarros;
– 361 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de diarreia, como resultado do baixo acesso à água tratada, ao saneamento e a condições adequadas de higiene;
– 270 mil crianças morrem durante o primeiro mês de vida por conta de condições como a prematuridade, que poderia ser prevenida por meio do acesso à água tratada, ao saneamento e a unidades de saúde;
– 200 mil mortes de crianças menores de 5 anos provocadas por malária poderiam ser prevenidas por meio de ações ambientais, como a redução de focos de reprodução de mosquitos e melhorias no armazenamento de água potável;
– 200 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de lesões não intencionais atribuídas ao ambiente em que vivem, como envenenamento, quedas e afogamento.

Imagem: Danilo Ramos/RBA

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

ArcelorMittal Tubarão religará o segundo alto-forno neste mês

O equipamento, com capacidade para produção de 1,2 milhão de toneladas de ferro gusa/ano, estava paralisado desde o ano passado, quando passou por uma ampla reforma de manutenção.

Vida Capixaba

Escolas de Vila Velha são notificadas por não dar descontos nas mensalidades

As instituições privadas de ensino que não estão aplicando o desconto previsto na Lei Estadual nº 11.144/2020, válida a partir do dia 19 de junho.

Tempo instável neste fim de semana no ES. Confira a previsão!

Uma frente fria se afasta lentamente em direção ao norte do Espírito Santo, mas o tempo permanece com muitas nuvens e poucas aberturas de sol na maior parte do Estado.

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...

Vacinas contra gripe para público em geral

Desde o dia 30 de junho, não há mais grupo prioritário. Com isso, todas as pessoas podem receber a dose.
Continua após publicidade