22.1 C
Vitória
segunda-feira, 27 junho, 2022

Plataforma digital vai registrar os investimentos no Brasil

A plataforma digital Monitor de Investimentos foi lançada nesta, segunda-feira (09), pela equipe do Ministério da Economia. Foto: Divulgação/Ministério da Economia

Até o momento, o Monitor de Investimentos registrou que já foram contratados R$ 860 bilhões para os próximos dez anos

Por Amanda Amaral 

O ritmo de crescimento do que é investido no Brasil agora pode ser acompanhado por meio de uma plataforma digital. O Monitor de Investimentos foi lançado nesta segunda-feira (09) pelo Ministério da Economia já mostra que R$ 860 bilhões foram contratados em investimentos para os próximos dez anos.

A plataforma tem como objetivo disseminar informações sobre os principais setores da economia e oportunidades de investimento de interesse público.

Hub Digital

Os dados disponíveis incluem séries históricas de investimentos – agregado, setor e subsetor –, e um resumo da carteira de projetos de investimentos estruturados pelo governo, incluindo medidas de sustentabilidade e planos de expansão, entre outras informações.

A iniciativa visa ainda dar maior transparência às ações do governo e facilitar o diálogo com investidores, sociedade civil, empresas, academia e órgãos multilaterais atuantes sobre os diversos setores econômicos.

Outra meta é tornar os investimentos no Brasil mais sustentáveis e atrativos para o setor privado. Com as informações disponíveis, investidores, servidores públicos, acadêmicos e instituições multilaterais terão acesso a um hub centralizado dos projetos em andamento ou em prospecção, além de tendências gerais de investimentos no país.

Transição em Andamento

O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou que o Brasil está em uma fase de transição, saindo de um “modelo de investimentos públicos que se esgotou”, e que o Monitor de Investimentos vai ajudar a registrar essa mudança.

“A grande transição já está em andamento. Nós vamos registrar aqui o que o setor privado está fazendo também, independente das privatizações, das concessões”, afirmou. Nós vamos registrar aqui o que o setor privado está fazendo também, independente das privatizações, das concessões”, afirmou.

Capital humano e tecnologia

Em breve, segundo Guedes, também serão monitorados os investimentos em capital humano, educação e tecnologia. “Nós queremos mais e mais o foco nos investimentos. Essa é a saída para o Brasil. Em todas essas dimensões, que são dimensões inclusive sociais, de distribuição de renda. Esse é o caminho da prosperidade, esse é o caminho que nós estamos perseguindo”, afirmou o ministro.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirma que há uma transição econômica em andamento. Foto: Divulgação/Ministério da Economia

De acordo com a secretária especial de Produtividade e Competitividade, Daniella Marques, a ferramenta tem o objetivo de aumentar a divulgação, transparência e governança dos projetos, além de ajudar a acelerar “o significativo fluxo de investimentos privados que hoje estão destinados ao nosso país”.

“Essa plataforma vai reunir todas as informações necessárias para ajudar a ilustrar não só as projeções de crescimento, mas também para dar subsídio na tomada de decisão de investimento, não só de infraestrutura, mas em toda a cadeia de insumos e suprimentos que essa infraestrutura demanda”, explicou.

Base de Dados em Evolução

O Monitor de Investimentos foi produzido pela Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade (Sepec) com apoio do BID e financiado pelo Programa de Infraestrutura Sustentável do Governo Britânico (UK-SIP).

De acordo com os idealizadores do projeto, a base de dados da plataforma ficará em constante evolução, com novas informações sendo agregadas de forma crescente, começando com setores mais regulados e dados em nível nacional, para depois incluir demais setores econômicos e dados subnacionais.

Com informações do Ministério da Economia. 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade