22.1 C
Vitória
quarta-feira, 22 maio, 2024

No Brasil, Macron quer parceria estratégica

A visita de Estado de Macron ao Brasil foi dividida em quatro frentes temáticas e tem uma diversidade de interesses em pauta

O presidente da França, Emmanuel Macron, desembarca no Brasil nesta terça-feira, 26, para compromissos com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Eles terão três dias de eventos conjuntos no País, em Belém (PA), Itaguaí (RJ) e Brasília (DF) – e o francês ainda viajará para São Paulo (SP).

A visita de Estado de Macron ao Brasil foi dividida em quatro frentes temáticas e tem uma diversidade de interesses em pauta: meio ambiente e clima; submarinos e tecnologia nuclear; negócios e cultura; acordo Mercosul-UE e guerras. Os países negociam cerca de 30 acordos de cooperação em diferentes áreas e devem assinar ao menos 15 deles, segundo o Itamaraty.

- Continua após a publicidade -

Estratégica

Será a primeira viagem bilateral de Macron a um país latino-americano (ele esteve em 2017 na Guiana Francesa, um departamento ultramarino, e em 2018 em Buenos Aires, para a Cúpula do G-20). Os franceses querem usar o Brasil como plataforma para inserção na América Latina. Os dois países vão relançar a parceria estratégica.

O último presidente francês a pisar no Brasil foi François Hollande, em 2016, para a Olimpíada do Rio. Diplomatas franceses dizem que a visita é “muito aguardada e simbólica”, além de ter uma extensão incomum. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA