23.3 C
Vitória
domingo, 21 abril, 2024

Neymar será submetido a cirurgia no tornozelo e desfalca PSG

A cirurgia ainda não tem data definida, e o PSG avaliou entre três e quatro meses para o atacante retornar aos treinos coletivos

O entorse no tornozelo direito de Neymar foi mais grave que os médicos do Paris Saint-Germain imaginavam e nesta segunda-feira o clube francês anunciou que o craque terá de passar por cirurgia, o que vai tirá-lo do restante da temporada europeia. A recuperação estimada é entre três e quatro meses.

Neymar se machucou no dia 19 de fevereiro, em jogo do Campeonato Francês contra o Lille. Na partida, ele pisou em falso no gramado e acabou virando o pé. O brasileiro deixou o gramado de maca, chorando muito. O PSG adotou tratamento convencional confiante em recuperá-lo a tempo para a volta das oitavas de final diante do Bayern, em Munique, nesta quarta-feira. Mas o tratamento não obteve êxito e a cirurgia acabou sendo inevitável

- Continua após a publicidade -

“Neymar Jr. teve vários episódios de instabilidade do tornozelo direito nos últimos anos. Após sua última entorse contraída em fevereiro, a equipe médica do Paris Saint-Germain recomendou uma operação de reparação ligamentar, a fim de evitar um grande risco de recorrência”, informou o clube nesta segunda-feira. “Todos os especialistas consultados confirmaram essa necessidade ”

A cirurgia ainda não tem data definida, mas será realizada nos próximos dias no Hospital ASPETAR, em Doha, no Catar. O PSG avaliou entre três e quatro meses para o atacante retornar aos treinos coletivos.

A temporada europeia acaba em maio e Neymar, caso prossiga no PSG – ele optou pela cláusula de renovação automática até o fim de 2027 – vai voltar no começo da pré-temporada, agendada para o começo o mês de julho. O atacante queria fazer do atual ciclo o seu mais vencedor no clube, mas vai novamente ter de torcer pelos companheiros do lado de fora do campo.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA