20.5 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Revitalização do Morro do Moreno em Vila Velha inicia com duas desapropriações

Projeto inclui a construção de uma recepção para visitantes, funicular, cafeteria, letreiro, estacionamentos, mirantes e outras intervenções

Por Kebim Tamanini

Para dar início às obras de reurbanização do Morro do Moreno, um dos principais pontos turísticos de Vila Velha, até o momento serão necessárias duas desapropriações na Rua João Joaquim da Mota. Com investimentos próximos a R$ 15 milhões, o projeto inclui a construção de um espaço para recepcionar visitantes, que contará com funicular, restaurante, letreiro, estacionamentos, mirantes e outras intervenções.

- Continua após a publicidade -

O edital de licitação para a contratação da empresa responsável pelos projetos executivos e execução da obra já foi lançado, sinalizando avanços na futura nova versão do Morro do Moreno.

A Prefeitura de Vila Velha, responsável pelo projeto, revelou que o Morro do Moreno supera o Convento da Penha em popularidade nas redes sociais, o que motiva essas melhorias para fortalecer o turismo na cidade. Optou-se pelo funicular em vez de um teleférico, devido ao custo mais acessível e à acessibilidade facilitada para cadeirantes e idosos.

Os quatro mirantes oferecerão vistas panorâmicas de Vila Velha e Vitória, proporcionando oportunidades para registros fotográficos deslumbrantes. Além disso, haverá um espaço dedicado a informações turísticas e a construção de uma cafeteria com banheiros.

A instalação de um letreiro estilo Hollywood com a inscrição “Vila Velha” na entrada da subida da ponte pretende tornar o local ainda mais icônico. A prática de rapel continuará sendo permitida, facilitada pelo acesso proporcionado pelo funicular.

Confira no vídeo como será após a conclusão das obras.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA