23.3 C
Vitória
sexta-feira, 10 julho, 2020

ES adota com sucesso nova tecnologia educacional do MEC

Leia Também

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...

Terminam hoje inscrições para o Sisu

Pela 1ª vez, são ofertadas vagas na modalidade a distância. Saiba mais! Estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino...

Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos

Há 632 mil pessoas em acompanhamento e 1.054.043 estão recuperadas. Saiba mais! O Brasil registrou 69.184 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Nas...

As secretarias de educação que participam do Centro Nacional de Mídias da Educação (CNME) têm autonomia para incorporar a proposta aos currículos de ensino médio.

O Ministério da Educação (MEC), que desenvolve a iniciativa em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), não definiu um padrão único, para que cada escola possa se beneficiar conforme seu contexto regional. No Espírito Santo, o projeto foi adotado em unidades escolares de Afonso Cláudio, de Laranja da Terra, de Muniz Freire, de Dores do Rio Preto, de Nova Venécia, de Pinheiros, de Boa Esperança, de Pancas (em duas escolas), de Governador Lindenberg, de São Mateus, de Mantenópolis, de Água Doce do Norte e de Ecoporanga.

Como as aulas não são sequenciais, as escolas podem selecionar os dias em que serão ministradas. “Os roteiros são encaminhados com antecedência pelo CNME, o que possibilita condições de planejamento interdisciplinar”, explica a assessora especial de Tecnologia Educacional da Secretaria de Educação do Espírito Santo, Carmem Lúcia Prata. “Com isso, as atividades do centro de mídias podem ser ampliadas e conectadas dentro do planejamento de cada professor envolvido, entre elas, as de pesquisa e produção dos alunos.”

Os dois conteúdos ofertados – tecnologia e mundo do trabalho – foram escolhidos pelas próprias secretarias estaduais de educação. No estado, a orientação é que as escolas definam a quais aulas querem ter acesso a partir de discussão com os alunos e suas famílias, considerando a realidade das comunidades e os interesses dos adolescentes e jovens.

“A participação dos alunos no Centro de Mídias ocorre em, pelo menos, um dia da semana. A critério da escola, desde que seja garantido o plano de ensino dos professores, mais aulas do Centro de Mídias podem ser incluídas na semana”, informa Carmem Lúcia.

As escolas que participam do CNME precisam elaborar um plano de ação, em que constem informações como a apresentação do contexto da escola (quem são os alunos e como o Centro de Mídias se insere na proposta pedagógica); as disciplinas envolvidas e o número de alunos participantes.

Centro de Mídias

O CNME é uma iniciativa de educação presencial mediada por tecnologia. As aulas são realizadas nos três turnos, a partir do estúdio em Manaus (AM).

A participação das secretarias de educação é por adesão. O lançamento aconteceu em novembro de 2018, com a participação de 17 estados e do Distrito Federal, beneficiando 10.000 alunos em 150 escolas. Para o próximo ano, estão confirmadas 500 escolas em 25 unidades da federação.

O custo é totalmente financiado pelo MEC. Os investimentos para implementação em todo o país totalizam R$ 40 milhões de reais.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Saques do auxílio emergencial e do FGTS antecipados. Como fazer?

Muitos brasileiros estão recebendo os valores por meio do aplicativo Caixa Tem. Para isso, algumas fintechs permitem que a transferência seja realizada antecipadamente.

CNI: acordo traz segurança a comércio exterior de produtos brasileiros

CNI comemorou ratificação do Protocolo de Nagoia. Saiba mais! A Confederação Nacional da Indústria (CNI) comemorou a ratificação do Protocolo de Nagoia, aprovada nesta quarta-feira...

Sebrae: cresce interesse por cursos a distância para empreender

Inscrições este ano, até o momento, chegam a 1,5 milhão de pessoas. Saiba mais! O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas...

Nascidos em abril podem sacar primeira parcela de auxílio hoje

Caixa paga terceiro lote do benefício. Saiba mais! Cerca de 400 mil beneficiários do auxílio emergencial, contemplados no terceiro lote do benefício, podem sacar hoje (9) os...

Vida Capixaba

Shopping Vitória realiza liquidação virtual nesta semana

A RED TAG (etiqueta vermelha), uma liquidação virtual dentro da Vitrine SV, entre os dias 8 e 10 de julho.

Webinar aborda a construção em aço na era da Indústria 4.0

A webinar “Construção em aço na era da Indústria 4.0”, que será realizada nesta quinta-feira (09), a partir das 17 horas.

Como fica o tempo nesta semana no Espírito Santo? Veja!

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a previsão é de poucas nuvens e sem chuvas nas regiões capixabas.

Centro de Quarentena começa a funcionar em Vitória

A previsão é acolher cerca de 800 pessoas até o fim do ano. E para atender os pacientes, foi montada uma equipe com 44 profissionais, entre assistentes sociais, técnicos de enfermagem, entre outros.
Continua após publicidade