24.9 C
Vitória
sábado, 15 junho, 2024

Marrocos vai sediar Copa Africana de Nações de 2025

A decisão não surpreendeu. A nação era considerada a grande favorita na disputa contra Zâmbia e a candidatura conjunta de Benin e Nigéria

A próxima sede da Copa Africana de Nações será o Marrocos. O país, cuja seleção brilhou na Copa do Mundo do ano passado, vai receber o maior evento do seu continente em 2025. Será a segunda vez na história que Marrocos receberá a competição – a primeira havia acontecido em 1988.

A decisão não surpreendeu. A nação era considerada a grande favorita na disputa contra Zâmbia e a candidatura conjunta de Benin e Nigéria. A Argélia chegou a apresentar sua proposta, mas desistiu tanto da Copa Africana de 2025 quanto da de 2027, antes do anúncio da Confederação Africana de Futebol.

- Continua após a publicidade -

Um dos trunfos do país foi sua inclusão na candidatura conjunta que pretende sediar a Copa do Mundo de 2030, ao lado de Portugal, Espanha – a Ucrânia foi convidada para integrar o grupo.

Marrocos esteve perto de sediar a Copa Africana de 2015, mas acabou desistindo no ano anterior em razão de dificuldades sanitárias. O país enfrentava na época um surto de Ebola e temia o risco de espalhamento da doença pelo país caso sediasse o torneio continental. Pela desistência, o Marrocos foi excluído do torneio disputado em 2015.

A decisão sobre a sede de 2027 foi a que surpreendeu todos os envolvidos. A expectativa recaía sobre Senegal e Egito, considerado os candidatos mais fortes, com propostas individuais Mas o vencedor foi a candidatura conjunta de Quênia, Uganda e Tanzânia.

O lado leste da África não sedia uma edição da Copa Africana de Nações desde 1976, quando a Etiópia foi o país-sede. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA