25.9 C
Vitória
domingo, 19 setembro, 2021

Encontro de Lula e Casagrande acende suspeita de aliança em 2022

PT e PSB podem se unir para lançar candidatura contra Bolsonaro

Um encontro entre o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e o governador Renato Casagrande (PSB) acendeu no meio político a possibilidade de uma aliança para as eleições presidenciais em 2022.

Os dois se encontraram em uma reunião virtual realizada a pedido do PSB Nacional. Procurado para comentar o assunto, o governador informou por meio da sua assessoria que ele faz parte da Executiva do Partido e participou apenas do início.

Casagrande, que foi cotado para ser candidato do PSB à presidência, pode formar uma aliança com Lula para tentar tirar o atual presidente Jair Bolsonaro do Palácio do Planalto.

Pelo menos é o que aponta o presidente do PSB capixaba, Alberto Gavini. “É natural que dois partidos preocupados com o Brasil se organizem no sentido de dialogar e encontrar caminhos para 2022”, afirmou.

Gavini disse ainda que o PSB também está conversando com outros partidos como PDT, Rede, PSOL no sentido de tentar formar alianças maiores.

“Vamos conversar com vários partidos para juntos pensar em alternativas para tirar o Brasil da situação que passou a ser uma preocupação mundial, é o país que foco da pandemia. O que queremos é agora é reunir forças para melhorar o Brasil futuramente”.

A presidente estadual do PT, Jacqueline Moraes, foi procurada, mas ainda não retornou o contato.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade