24.9 C
Vitória
sexta-feira, 14 junho, 2024

Libertadores: Palmeiras tem melhor campanha da 1ª fase

Com dois do centroavante Artur, Verdão goleia Bolívar por 4 a 0

O Palmeiras goleou o Bolívar (Bolívia) por 4 a 0 para fechar a primeira fase da Copa Libertadores como líder do Grupo C. Além disso, o triunfo, alcançado na noite desta quinta-feira (29) no Allianz Parque, garantiu ao Verdão a melhor campanha geral da fase de grupos. Essa condição dá ao time de Abel Ferreira uma importante vantagem, decidir em casa todos os mata-matas, excluindo a final.

Após duas derrotas seguidas pelo Brasileiro, para Botafogo e Bahia, o Palmeiras queria retomar o caminho das vitórias, e o fez em grande estilo diante de sua torcida pela competição continental. O triunfo começou a ser construído aos 24 minutos do primeiro tempo. Após a defesa do Bolívar afastar mal, Raphael Veiga levantou a bola na área com um toque de categoria. Rony dominou no peito e bateu por cobertura para marcar um belo gol.

- Continua após a publicidade -

Nove minutos depois Piquerez recebeu a bola na esquerda e cruzou para a área, onde Artur fugiu da marcação para cabecear e ampliar para 2 a 0. O terceiro do Verdão saiu aos 30 da etapa final em nova ação do lateral uruguaio, que tabelou com Raphael Veiga antes de finalizar para superar o goleiro Lampe.

O placar recebeu números finais aos 39 minutos, quando Dudu lançou Artur, que partiu em velocidade para bater na saída do goleiro.

Agora o Palmeiras e os outros 15 classificados para as oitavas de final da Libertadores aguardam o sorteio dos confrontos da próxima fase da competição, que será realizado a partir das 13h (horário de Brasília) da próxima quarta-feira (5) pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Com informações de Agência Brasil

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA