21 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Junho Laranja: crianças representam 92% das vítimas de queimaduras em casa

Cozinha é local com maior risco de acidentes; festas juninas trazem perigos com fogos

Por Kebim Tamanini

Durante todo o mês de junho, ao passar em frente ao Vitória Apart Hospital, ao Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves e ao Detran, os transeuntes notarão a iluminação dos prédios em tons vibrantes de laranja. Essa coloração não é por acaso; é um reconhecimento ao Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras, celebrado nesta quinta-feira (06). A Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), promove a campanha Junho Laranja, dedicada à prevenção de acidentes por queimaduras.

- Continua após a publicidade -

Anualmente, cerca de um milhão de brasileiros sofrem queimaduras no país, conforme dados do Ministério da Saúde. Entre 2015 e 2020, quase 20 mil vidas foram perdidas devido a essas lesões, com 70% dos casos ocorrendo em ambiente doméstico.

Crianças, representando 92% das vítimas, e idosos, 84,4%, são os grupos mais afetados. Diante dessa realidade alarmante, a campanha deste ano adota o slogan “Queimaduras. Na minha casa não!”.

As queimaduras podem ser causadas por diversos agentes, incluindo calor, eletricidade, produtos químicos, animais e vegetais. O principal agente causador é o calor, geralmente por escaldadura com líquidos ferventes, especialmente em crianças menores de 12 anos. A cozinha é o ambiente mais propenso a esses acidentes dentro de casa. Além disso, as festas juninas representam uma preocupação adicional devido ao uso de fogos de artifício.

A vice-presidente da SBQ, Kelly de Araújo, ressalta a importância de educar todas as faixas etárias sobre a prevenção de queimaduras. “Precisamos ensinar os responsáveis a proteger as crianças e, ao mesmo tempo, instruir os pequenos sobre cuidados pessoais. Devemos também destacar a importância da atenção aos idosos, que enfrentam maior risco devido à perda de força e alterações cognitivas”, enfatiza.

Classificadas em graus de severidade, as queimaduras podem ser de primeiro, segundo ou terceiro graus, com consequências distintas para cada uma delas.

Cozinha é local com maior risco de acidentes; festas juninas trazem perigos com fogos
Presidente da SBQ regional no Espírito Santo, Ariosto Santos. Foto: Divulgação

Junho Laranja

A campanha Junho Laranja será dividida em blocos, concentrando-se nos grupos mais vulneráveis: crianças, idosos e pessoas com deficiência. Entre as ações planejadas estão lives, simpósios, postagens em redes sociais e eventos presenciais promovidos por ligas acadêmicas associadas à SBQ e diretorias regionais.

Para o presidente da SBQ regional no Espírito Santo, Ariosto Santos, destaca a necessidade de envolvimento de toda a sociedade na campanha. “Ao falar sobre prevenção, devemos considerar a legislação e o diálogo com o governo, bem como a tecnologia de produtos e os acidentes de trabalho”, ressalta.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA