22.7 C
Vitória
segunda-feira, 2 agosto, 2021

Homicídios caem mais de 30% na Grande Vitória

A Grande Vitória registrou queda histórica de 31,9% nos registros de homicídios dolosos, nos cinco primeiros meses deste ano, segundo o governo do Espírito Santo.

Entre janeiro e maio de 2021, foram registrados 213 homicídios ante 313 casos no mesmo período de 2020. Este é o menor acumulado do período desde 1996, quando se iniciou a série histórica.

Os quatro maiores municípios da região metropolitana — Serra, Cariacica, Vitória e Vila Velha — apresentam queda nos casos de homicídios, com relação ao ano de 2020. Na Serra, a redução é de 45%; em Vila Velha, de 41%; em Cariacica, de 20%; e, em Vitória, a queda é de 10%.

“Os dados são resultado de um esforço contínuo e conjunto. A premissa do Programa Estado Presente em Defesa da Vida é justamente essa, a de proteger a vida e combater a criminalidade violenta. Temos concentrado esforços no combate ao tráfico de drogas, que é responsável por 80% das mortes violentas no nosso Estado, realizando investigações robustas, prendendo lideranças criminosas e intensificando as ações repressivas e preventivas em regiões de vulnerabilidade. Isso, somado aos investimentos na área social, traz resultados importantes como o que estamos alcançando hoje”, disse o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho.

Somente em Vitória, nos cinco primeiros meses do ano, as ações das Polícias Civil e Militar, juntamente com outros órgãos de Segurança Pública, conduziram 1.402 suspeitos para as delegacias, sendo 188 menores de idade. No mesmo período, 149 armas de fogo foram apreendidas na Capital, um aumento de 22% com relação ao mesmo período de 2020, quando foram apreendidas 122 armas. O trabalho intenso de combate à criminalidade resultou em um mês de maio com o menor resultado do ano na Capital: apenas um homicídio.

Uma das importantes ações realizadas pelo Governo do Estado foi a intensificação das ações da Polícia Militar (PMES) no Território do Bem, que compreende os bairros Itararé, Jaburu, Bairro da Penha, Bonfim, Engenharia, Consolação, Floresta, Gurigica e São Benedito. A Operação Saturação Qualificada foi anunciada no dia 19 de maio, durante uma visita do governador do Estado, Renato Casagrande, ao Destacamento da Polícia Militar (DPM) de São Benedito.

Apreensões de armas e drogas

Nos primeiros quinze dias de patrulhamento intensificado, foram apreendidas seis armas de fogo, sendo uma submetralhadora, cinco placas de colete balístico, 297 munições de diversos calibres, além de mais de 47 quilos de cocaína, 3 quilos de maconha e 1 quilo de crack, além de nove rádios comunicadores. Um total de 180 policiais militares na região participaram das apreensões.

Concomitantemente, a Polícia Civil vem desenvolvendo investigações importantes, que resultam em prisões qualificadas. No dia 24 de maio, a Operação Píthikos resultou na detenção de sete pessoas, sendo uma em cumprimento de mandado de prisão por homicídio cometido no município de Cariacica. Também foram feitas as apreensões de três armas, entorpecentes, dinheiro, nove rádios comunicadores e munições.

Tendência de queda nos homicídios

No período de janeiro a maio deste ano, foram registrados 456 homicídios dolosos no Estado, o que representa uma redução de 11,1% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram registrados 513 homicídios. Este é o segundo melhor resultado da série histórica, perdendo apenas para o ano de 2019.

Com informações do governo do Espírito Santo

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade