24.4 C
Vitória
quarta-feira, 24 DE julho DE 2024

Hoffmann quer a criação de rota turística na região do Caparaó

Autor de projeto similar em Guarapari, parlamentar propõe nova rota turística

Por Redação

O deputado estadual Tyago Hoffmann (PSB) quer a criação de uma rota turística oficial no distrito de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, na região do Caparaó. A ideia foi apresentada no Projeto de Lei 79/2023 e sinaliza como relevante para o interesse turístico e cultural da região.

- Continua após a publicidade -

Conhecido por abrigar o Parque Nacional do Caparaó, o distrito de Pedra Menina é um dos alvos turísticos pelo percurso de 22km entre a Cachoeira do Cambucá e termina na entrada do parque. Hoffmann defendeu a aprovação do projeto pelos atrativos e potenciais da região.

“A Pedra Menina está localizada no município de Dores do Rio Preto, localizada na região do Caparaó capixaba, e vem se destacando com o agroturismo e turismo de aventura, o que oportuniza o contato direto com a natureza e a vida no campo, o que vem atraindo um grande número de turistas. O distrito é conhecido por produzir café de qualidade, onde produtores locais foram premiados nacionalmente, além de sua culinária de qualidade. Encontramos uma rede hoteleira aconchegante, culinária destacada, proporcionando ainda aos seus turistas passeios de trilha, cachoeiras e o exuberante Pico da Bandeira”, justificou Hoffmann.

O parlamentar também é o autor do projeto que prevê a criação de uma rota turística na zona rural do município de Guarapari, parte da Região Metropolitana da Grande Vitória. A “Rota da Ferradura”, como foi chamada, interligaria a BR-101, no trecho em Guarapari, aos distritos de Buenos Aires, Boa Esperança, Arraial do Jaboti e Jaboti.

As medidas estão em análise nas Comissões de verificação e, caso aprovadas, serão votadas em plenário.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA