Governo realiza investimentos na área ambiental em municípios

Foto: Leonardo Duarte/SECOM.

Os investimentos fazem parte da programação da Semana do Meio Ambiente na Região do Caparaó

Dando continuidade à programação da Semana do Meio Ambiente na Região do Caparaó, o destaque desta terça-feira (06) foi no município de Ibatiba, com o lançamento do Edital de Chamamento do Programa Reflorestar na Bacia do Rio Pardo. Nessa segunda (05), as ações aconteceram em Guaçuí e Dores do Rio Preto.

A solenidade em Ibatiba foi realizada na Câmara de Vereadores e contou com a presença do governador Paulo Hartung, de secretários de Estado e de autoridades locais. Na ocasião, também foi assinado o Protocolo de Intenções de Licenciamento Ambiental entre a Seama, o Iema e o Consórcio Caparaó, para apoio no processo de organização das estruturas municipais de meio ambiente.

O governador Paulo Hartung ressaltou que os investimentos na região serão importantes para a melhoria da qualidade de vida dos moradores e aproveitou o evento para mobilizar os participantes em prol de ações educativas voltadas ao meio ambiente.

“Estamos celebrando e trabalhando. São recursos para cuidar da região, com ações concretas como construção de uma rede de coleta e tratamento de esgoto, mobilizando os produtores da região para cuidarem e recuperarem a cobertura florestal. Não existe mais agricultura que não seja sustentável. O valor da terra está relacionado à sustentabilidade. Recuperar nossa cobertura florestal e nossas nascentes é fundamental”, afirmou o governador.

Para Paulo Hartung, é preciso mobilização para mudar a consciência das pessoas na relação de consumo dos recursos naturais. “O que foi feito no passado e desequilibrou nossa relação com a natureza tem que ser desfeito. O que promove a mudança é quando todos mudam e têm consciência diante da realidade”, reforçou.

Reflorestar

Foi lançada uma nova chamada para apoio a ações de restauração florestal no Espírito Santo na Bacia do Rio Pardo. Serão destinados 120 contratos que vão beneficiar os municípios que compõem o entorno do Caparaó.

O secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Aladim Cerqueira, ressaltou que o Reflorestar está “pensando no futuro”. Cerqueira ressaltou que o Programa é o maior investimento ambiental da história do Espírito Santo. Em 2013, foram 36 contratos assinados. Hoje, são mais de 2 mil produtores beneficiados e mais de 3 mil querendo fazer parte do programa. Até o momento, foram investidos R$ 14 milhões.

“Com a assinatura de hoje em Ibatiba, estamos avançando ainda mais. É importante frisar que, com a entrada do Bandes, investindo na parte operacional, o programa ganhou velocidade e está chegando a mais produtores rurais. Isso é importantíssimo para o meio ambiente”, destacou o secretário.

Aladim informou, ainda, que só em 2017 estão sendo investidos no programa mais R$ 10 milhões. Atualmente, são 11 mil hectares de florestas recuperadas/preservadas (que equivalem a 11 mil campos de futebol). A meta é recuperar 80 mil hectares, sendo 60 mil por meio do monitoramento e da fiscalização da vegetação nativa em processo natural de regeneração e outros 20 mil hectares a partir de práticas de restauração florestal, até o final de 2018.

Obras

Ainda como parte das ações em comemoração à Semana do Meio Ambiente, o governador Paulo Hartung, em Ibatiba, anunciou que serão 13 mil habitantes beneficiados, com investimento de cerca de R$ 20 milhões para o sistema de esgotamento sanitário, que será formado por 41,4 mil metros de redes coletoras, ligações domiciliares, ligações intradomiciliares, uma estação de tratamento de esgoto e quatro estações elevatórias.

No município, a Estação de Tratamento de Esgoto terá capacidade de tratar 32,5 litros por segundo, ou seja, 2.808.000 litros de esgoto tratados por dia pela Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan). A previsão de término também é para 2018. As obras são realizadas por meio do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem.

Agricultura

Na agricultura, foi assinada a ordem de Serviço do Caminhos do Campo entre a Sede de Ibatiba e o Distrito de Santa Maria.

As obras do Caminhos do Campo no trecho que liga a sede de Ibatiba ao distrito de Santa Maria serão retomadas. Os trabalhos no local foram paralisados em novembro de 2014. A ordem de serviço para o reinício foi assinada nesta terça-feira (06). O trecho tem 4 quilômetros e o investimento total para a pavimentação é de R$ 3,3 milhões. A estrada já recebeu terraplanagem, drenagem e parte da pavimentação, estando 85% concluída. Faltam a drenagem e a pavimentação em cerca de 800 metros em via urbana. O investimento para completar a obra será de R$ 1,3 milhão.

A expectativa é de que a obra seja concluída ao final de 2017. O secretário da Agricultura, Octaciano Neto, falou sobre o reinício das obras. “A estrada do Caminhos do Campo será importante para ajudar a escoar a produção, principalmente de café, e vai beneficiar cerca de duas mil famílias”, declarou.

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome