23.9 C
Vitória
sexta-feira, 14 junho, 2024

Galvão Bueno lembra saída de Dorival e critica Vítor Pereira no Flamengo

O Flamengo é a quarta equipe do País a cair em uma semifinal do Mundial de Clubes

Torcedor declarado do Flamengo, Galvão Bueno soltou o verbo após a eliminação do time brasileiro no Mundial de Clubes da Fifa, nesta terça-feira, após derrota por 3 a 2 para o Al-Hilal. Em vídeo publicado em sua conta oficial no Instagram, o narrador fez duras críticas à diretoria rubro-negra por demitir o técnico Dorival Júnior para contratar Vítor Pereira. A negociação com o português ocorreu enquanto o brasileiro ainda estava empregado.

“O Flamengo tem um técnico que conquista títulos, que é o Dorival, ganha títulos importantes, inclusive uma Libertadores que leva ao Mundial. Aí vem a diretoria e tira na calada da noite, faz uma covardia com o Dorival para colocar um técnico português, que além de não ser bom não tem bom caráter. Porque fez uma molecagem com o Corinthians, foi traíra com o Corinthians. E perde para o Al-Hilal, aquele mesmo que tinha vencido em 2019. Eu estava lá.”, disse o Galvão.

- Continua após a publicidade -

Vítor Pereira deixou o Corinthians de maneira conturbada. O treinador alegou “motivo familiar” para voltar a Portugal. No entanto, aceitou a proposta para voltar ao Brasil e comandar o Flamengo. A opção por substituir Arrascaeta no intervalo da partida, após a expulsão de Gerson, também foi muito criticada por Galvão Bueno.

“Com um jogador a menos, precisando ganhar, e tira o craque do time, o Arrascaeta. Ah, estava mal fisicamente, ainda voltando, mas não pode jogar mais 20 minutos? Aí toma o terceiro gol e tira o Everton Ribeiro, ou seja, os dois homens da criação. Tem duas palavras: uma é incompetência, a outra é burrice. Vocês escolhem”, comentou Galvão. “A culpa não é só dele, não. É do Landim, do Braz, é de quem passou a perna no Dorival e colocou esse técnico. Fazer o quê? Boa sorte para o Al-Hilal e o Real Madrid.”

Galvão Bueno aproveitou para relembrar as seguintes derrotas do futebol brasileiro em competições da Fifa. O Flamengo é a quarta equipe do País a cair em uma semifinal do Mundial de Clubes. Anteriormente, Palmeiras, Atlético-MG e Internacional também amargaram fracassos e não avançaram à decisão.

“Depois do penta em 2002, tivemos cinco Copas do Mundo. Em quatro delas caímos nas quartas de final. E chegamos na semifinal para quê? Tomar de 7 a 1. De 2000 para cá tivemos dois títulos do Corinthians, São Paulo e um do Inter (no Mundial). Mas aconteceu por quatro vezes de o futebol brasileiro cair nas semifinais, o que nunca tinha acontecido. Aí o futebol brasileiro está certo? Não, tudo errado. É preciso mudar a mentalidade.”

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA