27.9 C
Vitória
segunda-feira, 17 junho, 2024

Flamengo derrota Cruzeiro e assume 3º lugar no Brasileirão

O jogo começou bastante disputado, com as equipes se revezando no campo de ataque, mas a bola ficou a maior parte do tempo nas intermediárias

A era Tite no Flamengo começou com vitória, nesta quinta-feira, no Mineirão, por 2 a 0, sobre o Cruzeiro, em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixa o time da Gávea com 47 pontos na terceira colocação, enquanto a equipe mineira permanece com 31, perto da zona de rebaixamento.

O jogo começou bastante disputado, com as equipes se revezando no campo de ataque, mas a bola ficou a maior parte do tempo nas intermediárias. O Flamengo, com Pedro e Bruno Henrique no ataque e Gabigol e Arrascaeta no banco, voltou a se apresentar com um toque de bola lento, enquanto o Cruzeiro tentou os contra-ataques.

- Continua após a publicidade -

O primeiro lance perigoso foi do Cruzeiro. Aos 15 minutos, Marlon, pela esquerda, fez bom cruzamento para o aproveitamento de Ian Luccas, mas Rossi fez grande defesa e impediu a abertura do placar.

Com 20 minutos, Tite orientou seus laterais, Wesley e Ayrton Lucas, sobrecarregados porque o Cruzeiro concentrava suas jogadas por esses setores.

O Flamengo só foi produzir uma jogada importante aos 28 minutos com Ayrton Lucas, que bateu cruzado para Pedro, mas Rafael Cabral desviou para escanteio. Aos 32, o atacante recebeu de Everton Ribeiro, finalizou e errou por pouco.

A produção do Flamengo aumentou a partir da segunda metade do primeiro tempo, principalmente pelo lado esquerdo e o primeiro gol do jogo saiu exatamente com Ayrton Lucas, que aproveitou uma falha da zaga cruzeirense para fazer 1 a 0, aos 38 minutos.

O Cruzeiro sentiu o gol e o zagueiro Neris cometeu pênalti bobo em Wesley. Pedro bateu, deslocou Rafael Cabral e fez 2 a 0, aos 43 minutos.

Revoltada, a torcida do Cruzeiro criticou a postura do time nos primeiros 45 minutos. “Time pipoqueiro, tem que ter raça pra jogar no meu Cruzeiro.”

O Flamengo voltou para o segundo tempo no mesmo ritmo e David Luiz chegou a fazer o terceiro, mas o lance foi invalidado porque o zagueiro cometeu falta no lance, aos três minutos. Aos 9, o zagueiro teve de ser substituído por causa de uma torção de tornozelo, aparentemente causada pelo péssimo estado do gramado do Mineirão.

Com a presença de Ronaldo Fenômeno, proprietário da SAF, nas tribunas, o Cruzeiro pareceu sem forças de buscar pelo menos o empate e quase levou o terceiro, aos 17 minutos, mas a cabeçada de Pedro bateu em Castán.

Zé Ricardo colocou Nikão e Mateus Vital, dando mais ânimo ao Cruzeiro na parte final da partida. O time criou duas boas oportunidades, mas Rossi defendeu. Aos 33 minutos, Tite colocou em campo Gabigol e Arrascaeta e o Flamengo, com um setor defensivo mais forte, segurou a vantagem até o final. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA