25.9 C
Vitória
domingo, 23 junho, 2024

Botafogo supera o Flamengo e aumenta a pressão sobre Tite

O Glorioso bateu o rival por 2 a 0 em pleno Maracanã e pode terminar a rodada na ponta da tabela

Com uma grande atuação no segundo tempo, o Botafogo venceu o clássico sobre o Flamengo, por 2 a 0, no Maracanã, neste domingo, e assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Brasileiro.

A terceira vitória seguida fez o Botafogo chegar aos nove pontos, passando o próprio Flamengo, que perdeu a invencibilidade e estacionou nos sete pontos, caindo para o quinto lugar. Tite e os jogadores rubro-negros deixaram o campo sob vaias. O treinador vê a pressão aumentar ainda mais. Ele já vinha sendo criticado pelas escolhas nos jogos contra Palmeiras (0 a 0) e Bolívar-BOL (1 a 2).

- Continua após a publicidade -

Para terminar a quarta rodada na liderança, o Botafogo tem que torcer por um tropeço do Red Bull Bragantino, que tem sete pontos e visita o Fortaleza. Athletico-PR e Internacional podem chegar aos mesmos nove pontos se vencerem Juventude e Atlético-GO, respectivamente.

A ideia de jogo dos dois times foi bem clara desde o início. O Flamengo controlou a posse de bola, mas esbarrou na forte marcação do Botafogo, que apostava no contra-ataque. Sobrou disposição, mas faltou criatividade.

O primeiro tempo no Maracanã terminou sem nenhuma grande defesa de Rossi e John. O Flamengo chegou a assustar em finalização colocada de Luiz Araújo, que saiu pela linha de fundo. Mas foi só.

A mudança de postura do Botafogo no segundo tempo surtiu efeito logo aos 7 minutos. Em jogada ensaiada, Savarino cobrou escanteio na entrada da área e Luiz Henrique bateu de primeira, no cantinho de Rossi. Na comemoração, o atacante colocou a máscara do Pantera Negra.

Em busca do empate, o Flamengo assustou na cabeçada de Fabricio Bruno, que passou raspando a trave de John. A reação rubro-negra ficou mais difícil aos 24 minutos, quando Arrascaeta pediu para ser substituído.

No contra-ataque, o Botafogo quase ampliou. Tchê Tchê cruzou rasteiro e Jeffinho desviou de primeira. Com os pés, Rossi fez grande defesa. A partida ficou aberta e o Flamengo assustou em cabeçada do jovem Lorran.

Qualquer reação rubro-negra foi por água abaixo aos 47 minutos. Fabrício Bruno foi desarmado por Diego Hernández, Jeffinho rolou e Savarino bateu no contra-pé de Rossi. Os jogadores do Flamengo reclamaram de falta no zagueiro, mas Raphael Claus, perto do lance, validou o gol.

Os times voltam a campo no meio de semana pela 3ª fase da Copa do Brasil. O Flamengo recebe o Amazonas, na quarta-feira (1), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, e o Botafogo enfrenta o Vitória, na quinta (2), às 19h (de Brasília), no Nilton Santos. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA