28.9 C
Vitória
segunda-feira, 24 junho, 2024

Favorita ao ouro, Rafaela Silva perde na estreia no Mundial

Rafaela era a maior esperança de medalhas para o Brasil na competição por conta das ausências de Daniel Cargnin e Mayra Aguiar

Maior esperança de medalha para o Brasil no Mundial de Judô, Rafaela Silva decepcionou nesta terça-feira, em Doha, no Catar. A bicampeão mundial e campeã olímpica ficou apenas três minutos sobre o tatame diante da turca Hasret Bozkurt e acabou eliminada logo na estreia, na categoria até 57kg.

Rafaela era a grande favorita na disputa, por ser a atual campeã mundial da categoria e também por ocupar a liderança do ranking da Federação Internacional de Judô. Além disso, vinha exibindo resultados consistentes nas últimas competições de peso no circuito mundial.

- Continua após a publicidade -

A brasileira era também a maior esperança de medalhas para o Brasil na competição por conta das ausências de Daniel Cargnin, por lesão, e Mayra Aguiar, por decisão própria – ambos foram medalhistas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021.

Nesta terça, Rafaela levou dois bons golpes da rival turca, sendo o segundo um ippon, definindo sua eliminação precoce. Bozkurt não tem resultados de expressão nas principais competições mundiais.

Além de Rafaela, Jéssica Lima também competiu na categoria até 57kg nesta terça. Ela foi eliminada nas oitavas de final pela canadense Jessica Klimkait, medalhista de bronze nos Jogos de Tóquio e atual 3ª colocada do ranking mundial. A brasileira se despediu ao sofrer um waza-ari.

Assim, ela encerrou sua participação no Mundial com duas vitórias e uma derrota. Antes da queda, Jéssica superou Flaka Loxha, do Kosovo, e a checa Vera Zemanova.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA