21.6 C
Vitória
sexta-feira, 24 setembro, 2021

Estado reúne 433 mil cooperados

O cooperativismo traz equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e o social

Um modelo de negócio que já responde por 5,3% do Produto Interno Bruto (PIB) capixaba, o cooperativismo vem registrando significativo crescimento nos últimos anos. O Espírito Santo possui hoje 119 cooperativas registradas, de norte a sul do estado, atuando em vários segmentos da economia: Saúde, Crédito, Produção de Bens e Serviços, Agronegócio, Transporte, Infraestrutura e Consumo, segundo dados do Sindicato e Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/ES).

“O cooperativismo faz parte das nossas vidas. Somente no Espírito Santo, temos mais de 433 mil cooperados. Se formos considerar as suas famílias, são 1,3 milhão de pessoas envolvidas.

Além disso, temos mais de 9 mil empregos gerados de forma direta e com carteira de trabalho”, aponta o superintendente do Sistema OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira.

Saúde

Neste ano de pandemia, todos os setores da sociedade precisaram se reinventar. No segmento da Saúde, criar soluções para atender uma demanda jamais vista tem sido o desafio diário para continuar oferecendo atendimento seguro e de qualidade e salvar vidas.

“Como uma cooperativa de saúde, a Unimed Vitória está mais firme do que nunca no propósito de combater a crise gerada pela Covid. Aceleramos o processo de digitalização, adotamos a telemedicina, as visitas virtuais aos pacientes de Covid-19º, o boletim médico virtual, e a central telefônica de atendimento sobre o coronavírus, entre outras medidas. Dia e noite, num esforço contínuo, nossos médicos cooperados têm oferecido sua força de trabalho para ajudar a população a passar por esse momento crítico com a melhor assistência”, afirma o presidente da Unimed Vitória, Fernando Ronchi.

Pandemia

A importância do cooperativismo financeiro durante o período desafiador da pandemia e para a retomada econômica foi destacada pelo presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto. “O cooperativismo não deixou a desejar em nenhum momento. Está perto do cliente, entendendo seu modelo de negócio, o que permite ajudar a navegar melhor nos momentos de incerteza”, afirmou.

No último ano, o cooperativismo teve crescimento de 48,5% na carteira de crédito de pessoas jurídicas, quase o dobro do crescimento observado no setor financeiro em geral, de 26,5%. “O cooperativismo no Brasil tem a função de agente de inclusão, porque tem capilaridade, promove inclusão financeira e está presente, também, em locais menos urbanizados. A gente entende que ainda tem um campo de atuação enorme para o cooperativismo, com potencial para triplicar a carteira”, avalia Campos Neto.

Os dados foram apresentados durante participação do presidente do BC no 4º Painel Cooperativismo Financeiro, realizado pelo Sicoob Engecred, que possui cooperados em todo o país.

Premiados

Sempre em busca de inovação e utilizando tecnologias avançadas para gerar maior conforto aos seus cooperados e aprimorar a experiência na utilização dos produtos e serviços disponíveis, o Sicoob – Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil – foi o grande vencedor do Prêmio Relatório Bancário de Transformação Digital 2020, na categoria “Experiência do Usuário”, com o case “Reconhecimento Facial no App Sicoob”. No total, concorreram à premiação, realizada pela Cantarino Brasileiro, mais de 400 projetos, de 67 instituições.

O Sicoob elaborou novo fluxo por meio do aplicativo disponível nas lojas virtuais, em que o próprio cooperado realiza o cadastramento da sua senha de acesso aos canais digitais, liberação do dispositivo celular e senha de efetivação de transações financeiras.

A ferramenta foi pensada para mitigar os impactos da pandemia entre os cooperados. “Além de aprimorar a experiência dos nossos cooperados para acesso aos nossos produtos e serviços disponibilizados por meio dos canais digitais, fortalecemos a segurança desse processo utilizando múltiplos mecanismos de validação”, explica Antonio Vilaça Júnior, diretor de Tecnologia da Informação do Centro Cooperativo Sicoob (CCS) – conjunto das instituições de âmbito nacional do Sistema.

Conectada

Quando o assunto é tecnologia e praticidade no campo, a Coopeavi se destaca. O aplicativo “Mão na Roça”, uma consultoria técnica online gratuita e disponível para os mais de 16 mil associados, mostrou ainda mais utilidade neste período de pandemia. As adesões aumentaram 260% com a Covid-19.

Fonte: Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/ES)

O interesse pelo aplicativo aumentou com o isolamento social. “Não imaginava que o aplicativo teria tamanha utilidade numa crise igual a que estamos passando.

As adesões têm sido maiores, vários produtores abrindo chamados e tirando dúvidas do seu dia a dia. Antes da crise não era assim. Temos muito a crescer ainda”, afirma o gerente do Núcleo de Inteligência Comercial da Coopeavi, Ivanilson Scalzer.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade