25.5 C
Vitória
quinta-feira, 23 maio, 2024

Empresa do RS pode investir até R$500 milhões em Sooretama

Por meio do Compete-ES, grupo gaúcho já investiu R$ 70 milhões unidade em Sooretama

Por Rafael Goulart

O grupo empresarial Intral, sediado em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, abriu uma unidade da Ilumatic em Sooretama com investimento inicial de R$ 70 milhões, podendo chegar a R$ 500 milhões com a expansão. A informação foi divulgada durante reunião, com o vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço. A empresa aderiu ao Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo (Compete-ES).

- Continua após a publicidade -

A Ilumatic, empresa do grupo que atua no desenvolvimento e fabricação de produtos para iluminação pública, iniciou 50% da operação neste mês (março) e a estimativa é de que até junho esteja 100% em atividade.

Entre seus produtos estão luminárias, relés e projetores. De acordo com o CEO do Grupo Intral, Rodrigo Fantinel, em Sooretama o primeiro produto a ser comercializado serão luminárias de led. 

A produção está estimada em 24 mil produtos/mês e será destinada a abastecer mercados das regiões Sudeste, Nordeste, Norte e Sul, assim como exportação para os países do Mercosul. Seus principais clientes são concessionárias de energia, construtoras e empresas de engenharia.

“Esta é uma prática constante com bons resultados. Com eficiência, o Estado se torna cada vez mais competitivo e atraente para investidores que têm intenção de se instalar e ampliar negócios em terras capixabas”, disse o vice-governador e secretário de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço

O CEO do Grupo Intral, Rodrigo Fantinel ressaltou que no plano de negócios do Grupo Intral há a intenção de transferir de São Paulo para o território capixaba toda a operação de suas empresas. O investimento será da ordem de R$ 20 milhões.

“Enxergamos o Estado como parceiro na identificação de potenciais mercados e acesso ao ecossistema local. A empresa é de grande porte e tem um faturamento anual de R$ 300 milhões. Na fase de implantação, em Sooretama, demos preferência para a contratação de insumos e prestadores de serviço da região. A estimativa é de geração de 35 postos de trabalho”, disse Fantinel.

Participaram da reunião as subsecretárias de Competitividade, Rachel Freixo, e de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Christiane Menezes, e o gestor de projetos da Intral, Alexandre Bueno.

Compete-ES

O Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo (Compete-ES), regulado atualmente pela Lei Nº 10.568 e 10.574/2016, e posteriores alterações, é instrumento de política pública eficaz, eficiente, efetivo e que tem por objetivo potencializar a competitividade das sociedades empresárias instaladas no Estado em relação às similares de outras regiões do país.

O setor produtivo participante do programa se compromete a investir em ações que resultem em seu próprio desenvolvimento socioeconômico sustentável, a manutenção e criação de empregos, ocupação, renda e evolução na capacitação profissional da população local, simultâneo ao incremento da capacidade industrial, tecnológica e comercial do setor. Para ter acesso às informações acesse: https://sedes.es.gov.br/compete-es

Missão Capixaba

Em julho de 2022, durante a missão para Rio Grande do Sul, uma comitiva do Estado formada por representantes à época da Sectides, Secretaria da Fazenda (Sefaz) e do Banco de Desenvolvimento do Estado (Bandes) esteve na sede da Intral, onde foram apresentados a política de incentivos fiscais e o ambiente de negócios capixaba.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Governo

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA