25.5 C
Vitória
sábado, 29 janeiro, 2022

Defesa de Dilma Rousseff será ouvida nesta sexta-feira

Vão falar em nome de Dilma o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, e os ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e da Agricultura, Kátia Abreu.

Os representantes da defesa da presidente Dilma Rousseff (PT) no processo de impeachment  já aprovado pela Câmara dos Deputados, irão prestar depoimento na comissão especial que analisa o processo no Senado. Eles já estão sendo ouvidos nesta sexta-feira (29). Irão fala em nome da presidente os ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e da Agricultura, Kátia Abreu; e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo.  

Na próxima segunda-feira (2), serão ouvidos, também pela acusação, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso, e o procurador do Ministério Público no Tribunal de Contas da União, Júlio Marcelo de Oliveira, que identificou o atraso no repasse de recursos a bancos públicos para o pagamento de benefícios sociais, as chamadas pedaladas fiscais. Também está na lista o professor do Departamento de Direito Econômico-Financeiro e Tributário da Universidade de São Paulo, Maurício Conti.

Já na terça-feira (3), vão falar pela defesa o professor de direito processual penal da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Geraldo Prado, o diretor da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Ricardo Lodi Ribeiro, além de Marcelo Lavenère, ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

Foto: Fotos Públicas 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade